Jornal do Cariri
PUBLICIDADE
Apito
Victor Nogueira

A boa campanha de um clube faz com que, automaticamente, seus atletas chamem a atenção dos torcedores, dirigentes e analistas do futebol. Porém, o artilheiro ganha atenção especial. No Guaraju, esse cara é o Thiaguinho. Autor de seis gols, foi o artilheiro do time que terminou campeão da Série B. Olho nele!

A temporada do Icasa não acabou. A diretoria decidiu que o verdão do Cariri vai participar da Taça Fares Lopes. A competição traz boas lembranças ao Icasa, que é o atual campeão. Para manter a taça em Juazeiro do Norte, vai precisar derrotar quatro adversários, em partidas de ida e volta. O campeão será conhecido em novembro.

O Guarani de Juazeiro voltou a fazer história ao conquistar a Série B do Cearense. Esse foi o segundo título estadual do leão, em dois anos. O técnico Lamar Lima definiu o comprometimento como fundamental para o acesso. Mas, além do comprometimento, a manutenção de peças importantes no título da Série C também foi importante para essa conquista. Comprometimento fora de campo e entrosamento dentro dele.

A diretoria do Icasa trabalha em segredo. Mas os nomes que devem reforçar o verdão do Cariri estão em uma lista que está sendo mantida em segredo. Essa lista de desejos do Icasa é composta por velhos conhecidos, que se destacaram na Série D, e atletas de outros clubes, monitorados pelo clube. O fato é que, se depender da diretoria, o time continuará sendo comandado por Leandro Campos. Ao longo da semana acontecerão os contatos.

O Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol Cearense (TJDF-CE) tem um novo presidente: Waldir Xavier. O mandato será de dois anos. Ele vai substituir Frederico Bandeira, ex-presidente da corte. O auditor Carlos Eduardo Brasil foi nomeado como vice-presidente administrativo do TJDF.

O novo presidente, Waldir Xavier, concedeu uma entrevista exclusiva para o Jornal do Cariri e falou sobre os desafios e objetivos da nova gestão. Muitos são os objetivos para esse novo mandato. Entre eles, está a construção de uma sede própria. Atualmente, o TJDF está instalado na sede da Federação Cearense de Futebol (FCF), localizado no bairro Benfica, em Fortaleza.

Quais são as perspectivas para esse mandato que se inicia?

"Nós estamos imbuídos no espírito muito dedicado de fortalecer ainda mais a imagem do Tribunal. O Tribunal é qualificado. Tem grandes quadros nas instâncias que temos. Instância ordinária das comissões, o próprio tribunal pleno.. Enfim, é um tribunal que goza de uma respeitabilidade pela qualificação de seus membros. É bem verdade que nós julgamos paixões também, né? Nós julgamos processos dentro da frieza que a letra da lei permite. Mas envolve paixões, envolvem preferências clubísticas. E nem sempre a torcida se agrada das decisões. Mas o que nos garante uma tranquilidade é que nós faremos o nosso trabalho, sempre. Dentro de uma estrita análise de ordem legal, de forma que nós estamos realmente dedicados a essa perspectiva.

Quanto à gestão, nós queremos desenvolver uma sede própria, que é um anseio do Tribunal há muitos anos. Além disso, queremos discutir mais ainda o Direito Desportivo, incrementar nossa Escola de Direito Desportivo. Nós temos uma escola muito boa. Temos profissionais muito qualificados. Mas vamos trazer também pessoas como: auditores do STJ, juristas que escrevam e falem sobre o Direito Desportivo, para cada vez mais nós estarmos amplificando ou ampliando esse espectro que é a nossa matéria prima, que é o Direito Desportivo. No Cariri, em especial, nós temos uma comissão que foi implantada na gestão do meu meu antecessor Dr. Frederico Bandeira, mas que foi coordenada, essa implantação, por mim mesmo. E eu tenho o orgulho de ter, no Cariri, realizado essa emblemática instalação da comissão disciplinar, que hoje é presidida por uma brilhante colega Dra. Clarice, mas que tem excelentes membros como Dr. Flávio Matos, Dr. André Carvalho.. Enfim, auditores que realmente enobrecem o nosso Tribunal. Assim como os defensores também, como Dr. Júnior Fontenelle, Dr. Alcântara Matos.. Enfim, nós temos uma comissão que tem realizado um profícuo trabalho na região. E nós, dentro dessa caminhada, vamos fazer as visitas institucionais. Tanto as comissões da capital, de Fortaleza, com as Limoeiro do Norte e do Cariri. Há uma previsão, a perspectiva, um interesse, e uma vontade administrativa de instalarmos uma outra comissão. Possivelmente, no Norte do Estado. Mas esses são planos que nós, ao longo do mandato, vamos tentar viabilizar."

Presidente, um dos assuntos que tomaram conta, recentemente, do futebol cearense, é sobre o caso de manipulação de resultados no Crato, na disputa do Campeonato Cearense. Como anda o processo?

"Eu posso falar até de cátedra do assunto porque eu fui o relator do inquérito que apurou essas possíveis manipulações de resultado e a participação de alguns dirigentes, atletas.. Enfim, pessoas que, de alguma forma, tem alguma ligação com o desporto, mas que, de alguma forma, também podem ter maculado. Eu estou dizendo sempre "em tese" porque o processo ainda não foi julgado. O processo obedece a uma tramitação de que quando se encerra o relatório, como eu já encerrei, e já encaminhei à Procuradoria e a Procuradoria oferece a denúncia, e essa denúncia vai para uma instância inferior a nossa, que é a do plano. Então, foi para uma das comissões do TJD e está seguindo sua marcha processual normal. Vai ser apreciada por essa primeira instância, e depois submetida ao julgamento do nosso pleno."

Como funciona a Escola de Direito Desportivo?

"Essa escola visa esse fomento da produção intelectual em relação ao Direito Desportivo. O nosso interesse é firmar com a Universidade Federal, com a faculdade de Direito, que já tem um excelente curso de Direito Desportivo, com a Universidade de Fortaleza também, com algumas universidades particulares, inclusive, também, com a escola superior de advocacia da Ordem dos Advogados do Brasil, para que façamos essa parceria para que vários projetos de ordem doutrinária, de ordem de palestras, de conferências, de seminários.. inclusive, envolvendo a arbitragem também. A arbitragem se recente muito dessa dessa constante atualização, dessas exposições sobre os aspectos de interpretação do Direito Desportivo. E tudo isso nós queremos incrementar e dar um novo fôlego, digamos assim, a administração do Tribunal, visando o aprimoramento, o fortalecimento, e o engrandecimento do Tribunal."

Qual o prazo estipulado para a realização desses projetos?

"Nós queremos no correr desse próximo semestre já realizarmos esses projetos. Principalmente da escola. E as visitas institucionais nós já estamos fazendo. Hoje nós temos uma reunião com a Federação Cearense de Futebol, com presidente da FCF. Teremos amanhã uma reunião com presidente do Ceará Sporting Club, que é uma visita institucional que o Tribunal faz aos clubes. Faremos uma ao Ferroviário Atlético Clube e faremos ao Fortaleza Esporte Clube também. Além de outros clubes que nós vamos agendar. Mas faremos essas visitas. Iremos ao Cariri para visitar a nossa comissão, acompanhar os relevantes trabalhos estão sendo feitos lá, assim como a de Limoeiro do Norte. E, como eu disse, as comissões também do nosso Tribunal na capital."

O ex-atacante Wanderley se pronunciou nesta segunda-feira (11) sobre áudios que foram divulgados nas redes sociais sobre um suposto esquema de venda de resultados do Guarany de Sobral. O ex-atleta confirmou ser o autor dos áudios, mas negou que tenha agido de má fé durante o período em que esteve à frente do clube. No último final de semana, ele renunciou o cargo.

Segundo Wanderley, os áudios foram gravados para um grupo de amigos com dirigentes e ex-dirigentes de clubes do futebol cearense. Ainda de acordo com o ex-presidente, nos áudios, ele se referiu, de forma irônica, a atitudes que ex-dirigentes do clube que estariam interessados em assumir o Guarany poderiam tomar. "Os áudios foram retirados e divulgados fora do contexto", explicou.

Wanderley lamentou que o Guarany de Sobral não tenha conquistado a classificação para a segunda fase da Série B do Campeonato Cearense, mas garantiu que não faltou empenho. "Todos nós cometemos erros. Mas saibam que ninguém da diretoria agiu de má fé durante o período em que estivemos à frente do clube", afirmou.

Assista ao vídeo:

Entenda

Áudios que circularam as redes sociais no último sábado (9) reproduzem a voz de um homem, supostamente o então presidente do Guarany, Wanderley Mesquita, que fala sobre a suposta chegada de "bruxos" em Sobral.

"Meus contatos disseram que vai ter bruxo em Sobral. Tô só guardando dinheiro pra tirar onda, comprar mais um apartamento aí", diz. A gíria "Bruxo" é utilizada no futebol para definir pessoas que compram e vendem ou participam de esquemas de manipulação de resultados em partidas de futebol.

Em um outro áudio, o homem fala que está aguardando a Série B do Campeonato Cearense de 2023. "Eu quero logo é que chegue a série B do ano que vem, do cearense, pra eu comprar mais uma casa no boa vizinhança", ironiza.

Ainda nos áudios, o homem cita uma pessoa chamada "Almir" e diz para que aguarde o dinheiro e espere pelos novos "espetáculos, por que vai dar dinheiro, que vão tudo vender os jogos… É bruxo, é bruxo".

Ouça os áudios:

Uma pesquisa realizada pelo Instituto Travessia aponta que 47% dos brasileiros perderam interesse pela seleção de futebol desde a última Copa do Mundo, disputada na Rússia, em 2018. No entanto, os brasileiros acham que o time comandado pelo técnico Tite é o favorito para ficar com a taça da Copa do Mundo em 2022, no Catar.

A pesquisa ouviu mil pessoas em todo o país, entre os dias 20 e 21 de maio. O nível de confiança é de 95%.

Ainda de acordo com o Instituto, 32% dos brasileiros "gostam muito" de futebol. No entanto, outros 30% não gostam do esporte. Como a margem de erro é de 3,1 pontos percentuais, isso significa um empate entre os que gostam e os que não gostam de futebol no Brasil. Entre os torcedores que gostam muito, 42% são homens e 22% são mulheres. Por outro lado, entre os que não gostam, 38% são mulheres e 23% são homens.

O Barbalha conquistou a primeira vitória na Série B do Campeonato Cearense. Bateu o Maranguape por 2 a 1, no estádio Inaldão. De quebra, saiu da zona de rebaixamento e afundou o Gavião da Serra na zona de rebaixamento.

O novo companheiro do Maranguape na zona da degola é o Cariri, que não saiu do 0 a 0 com o Tiradentes. A partida foi disputada no estádio Mirandão, no Crato.

Barbalha e Cariri, agora, possuem campanhas semelhantes no certame estadual. A única coisa que diferencia as duas equipes é o saldo de gols: -2 do Cariri e -1 do Barbalha.

A rodada vai ser finalizada nesta quarta-feira (1), com a partida entre Guarany de Sobral e Floresta.

O Presidente do Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol do Ceará (TJDF-CE), Fred Bandeira, pediu licença do cargo nesta terça-feira (10) e vai ficar afastado das funções até o dia 5 de junho. O presidente do TJDF alegou motivos particulares.

Durante o período do afastamento, o vice-presidente do TJDF, Dr. Luciano Bezerra, assume as funções na presidência enquanto o Dr. Waldir Xavier vai responder pela vice-presidência e corregedoria do Tribunal.

"À Secretaria Geral para os expedientes de praxe, de forma a cientificar todos os Auditores do Pleno, Comissões Disciplinares, Procuradoria e Defensoria bem como a Federação Cearense de Futebol quanto ao teor da presente comunicação", finaliza o comunicado do TJDF.

A licença acontece um dia após o Tribunal declarar WO em todas as partidas do Crato no Campeonato Cearense de 2022.

Confira o documento completo:

No dia anterior..

O Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol do Ceará (TJDF-CE) modificou o resultado da audiência anterior e, por maioria dos votos, aplicou WO em todos os jogos do Crato no Campeonato Cearense. Com a decisão que foi dada nesta terça-feira (9), a classificação da 1ª fase pode ser alterada. O TJDF também manteve a exclusão do Azulão da Princesa do certame estadual.

"Por maioria de votos, decidiu o tribunal pleno pela anulação de todas as partidas da equipe do Crato Esporte Clube, em virtude da sua exclusão da competição com a consequente aplicação do WO em todas as partidas da referida agremiação. A defesa solicitou a lavratura do acórdão", informou o TJDF.

Com a anulação das partidas do Crato, que somou 5 pontos, Icasa e Maracanã seriam beneficiados. O verdão do Cariri somaria mais 3 pontos - já que perdeu para o Crato por 1 a 0 - e o Maracanã somaria mais 4 pontos - empatou as duas partidas contra o Crato por 0 a 0 - saindo da 5ª para a 3ª posição. O Icasa, por sua vez, poderia chegar aos 19 pontos e não correria risco de rebaixamento, mesmo que perca 4 pontos por escalação irregular do lateral-esquerdo Leandro Mendes, que entrou em campo na última rodada da 1ª Fase mesmo suspenso pelo 3º cartão amarelo na partida contra o Iguatu.

Confira como ficaria a nova classificação:

1º. Caucaia - 30 pontos (classificado)
2º. Ferroviário - 26 pontos (classificado)
3º. Maracanã - 21 pontos (classificado)
4º. Pacajus - 20 pontos (classificado)

5º. Iguatu - 19 pontos (eliminado)
6º. Icasa - 19 pontos (eliminado)
7º. Atlético Cearense - 13 pontos (rebaixado)
8º. Crato - 0 ponto (rebaixado)

Nova classificação, novos duelos

A nova classificação alteraria, por consequência, os duelos de mata mata das quartas de finais do Campeonato Cearense. O Ceará enfrentaria o Pacajus e o Fortaleza encararia o Maracanã. A partida entre Ferroviário e Caucaia seria mantida.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE