Jornal do Cariri
Presidente do TJDF-CE pede licença do cargo e fica afastado por um mês
O presidente do TJDF alegou motivos pessoais
(Foto: reprodução/FCF TV)

O Presidente do Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol do Ceará (TJDF-CE), Fred Bandeira, pediu licença do cargo nesta terça-feira (10) e vai ficar afastado das funções até o dia 5 de junho. O presidente do TJDF alegou motivos particulares.

Durante o período do afastamento, o vice-presidente do TJDF, Dr. Luciano Bezerra, assume as funções na presidência enquanto o Dr. Waldir Xavier vai responder pela vice-presidência e corregedoria do Tribunal.

"À Secretaria Geral para os expedientes de praxe, de forma a cientificar todos os Auditores do Pleno, Comissões Disciplinares, Procuradoria e Defensoria bem como a Federação Cearense de Futebol quanto ao teor da presente comunicação", finaliza o comunicado do TJDF.

A licença acontece um dia após o Tribunal declarar WO em todas as partidas do Crato no Campeonato Cearense de 2022.

Confira o documento completo:

No dia anterior..

O Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol do Ceará (TJDF-CE) modificou o resultado da audiência anterior e, por maioria dos votos, aplicou WO em todos os jogos do Crato no Campeonato Cearense. Com a decisão que foi dada nesta terça-feira (9), a classificação da 1ª fase pode ser alterada. O TJDF também manteve a exclusão do Azulão da Princesa do certame estadual.

"Por maioria de votos, decidiu o tribunal pleno pela anulação de todas as partidas da equipe do Crato Esporte Clube, em virtude da sua exclusão da competição com a consequente aplicação do WO em todas as partidas da referida agremiação. A defesa solicitou a lavratura do acórdão", informou o TJDF.

Com a anulação das partidas do Crato, que somou 5 pontos, Icasa e Maracanã seriam beneficiados. O verdão do Cariri somaria mais 3 pontos - já que perdeu para o Crato por 1 a 0 - e o Maracanã somaria mais 4 pontos - empatou as duas partidas contra o Crato por 0 a 0 - saindo da 5ª para a 3ª posição. O Icasa, por sua vez, poderia chegar aos 19 pontos e não correria risco de rebaixamento, mesmo que perca 4 pontos por escalação irregular do lateral-esquerdo Leandro Mendes, que entrou em campo na última rodada da 1ª Fase mesmo suspenso pelo 3º cartão amarelo na partida contra o Iguatu.

Confira como ficaria a nova classificação:

1º. Caucaia - 30 pontos (classificado)
2º. Ferroviário - 26 pontos (classificado)
3º. Maracanã - 21 pontos (classificado)
4º. Pacajus - 20 pontos (classificado)

5º. Iguatu - 19 pontos (eliminado)
6º. Icasa - 19 pontos (eliminado)
7º. Atlético Cearense - 13 pontos (rebaixado)
8º. Crato - 0 ponto (rebaixado)

Nova classificação, novos duelos

A nova classificação alteraria, por consequência, os duelos de mata mata das quartas de finais do Campeonato Cearense. O Ceará enfrentaria o Pacajus e o Fortaleza encararia o Maracanã. A partida entre Ferroviário e Caucaia seria mantida.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
RECOMENDADAS PARA VOCÊ
PUBLICIDADE
RECOMENDADAS PARA VOCÊ