Jornal do Cariri
Longe da meta

A vacinação no Ceará continua a passos lentos e o ritmo pode comprometer a meta de imunizar todos adultos até o fim de agosto. No Cariri, há secretários de Saúde que, além da lentidão no recebimento dos imunizantes, reclamam que estão recebendo menos doses que outros vizinhos. Isso de forma proporcional. Seria uma vantagem política? Até agora, tudo fica no campo das especulações, sem denúncias formais. Ainda sobre a situação no Estado, Rilson Andrade, vice-presidente do Conselho das Secretárias Municipais de Saúde do Ceará (Cosems-CE), disse que precisaremos de uma avalanche de vacinas na segunda metade de julho e agosto, para cumprir a meta estabelecida pelo Governo. Vale salientar, o que pode não acontecer. Rilson garante que chegando as doses, o Ceará consegue aplicar. Da capacidade de vacinação, ninguém dúvida. O problema é a vacina chegar. Está bem difícil!

Fora da lista
Depois de um período de queda considerável, a perspectiva de subida nos números de casos de covid-19 assusta na região do Cariri. Entre os 29 municípios da região, apenas Abaiara, Juazeiro do Norte, Brejo Santo e Milagres não estão em risco altíssimo de contágio pelo vírus. Apesar da posição, o risco de agravamento no quadro epidemiológico nestes municípios ainda preocupa, por estarem entre o risco moderado e alto. Os dados foram apresentados pela plataforma IntegraSus, do Governo do Estado, e colhidos entre os dias 20 de junho e 03 de julho. De acordo com a plataforma, os municípios de risco alto recebem orientações referentes a internações pelos CIDs, causas respiratórias, além de taxa de letalidade, positividade em testes RTPCR e incidência de casos. O retorno das ações mais restritivas nos municípios não estão descartadas.

Resultado adverso
O ex-prefeito de Caririaçu, João Marcos, está mais distante de uma nova disputa municipal. Por uma maioria de sete votos a quatro, a Câmara de Vereadores desaprovou as contas de governo do ex-prefeito, referentes a 2015. A maioria da Casa acompanhou o parecer prévio do Tribunal de Contas do Estado (TCE) que, em agosto de 2020, se pronunciou pela desaprovação. Segundo o parecer do TCE, João Marcos descumpriu percentual de despesa com pessoal, percebidos nos últimos 180 da gestão. O decreto legislativo sobre a decisão dos vereadores foi assinado e publicado no dia 7, pelo presidente da Câmara, Tiago Borges Machado. Apesar das acusações de motivações políticas, o líder da maioria, vereador Acácio Leite, disse que a bancada usou da coerência ao seguir o parecer do TCE. O grupo ligado a João Marcos discorda.

Levantando demandas
Mantendo o ritmo acelerado de visitas no Cariri, o deputado estadual Fernando Santana foi em mais três municípios no fim de semana. Claro, não faltaram as discussões políticas. Os municípios visitados devem votar na reeleição de Fernando. Nas visitas, os prefeitos de Altaneira, Dariomar Rodrigues; de Assaré, Libório Leite; e de Antonina do Norte, Antônio Filho; cercaram o deputado por demandas que precisam ser encaminhadas junto ao Governo do Estado. Aliado dos prefeitos e articulador das gestões no Abolição, Fernando prometeu levar todas aos setores responsáveis. Nas passagens por Assaré e Antonina, Fernando ouviu elogios à sua atuação à frente da vice-presidência da Assembleia Legislativa; mas, pelo visto, as dificuldades financeiras estão falando muito alto. Fernando avalia como natural e garante: vai estar ao lado dos gestores.

Direitos garantidos
Os prefeitos de Milagres, Cícero Figueiredo, e de Assaré, Libório Leite, conseguiram cumprir uma tarefa bem difícil para os gestores de primeiro mandato. Mesmo assumindo as gestões públicas pela primeira vez e, no caso de Assaré, das mãos de opositores, os dois pagaram a primeira parcela do 13º salário e o 1/3 de férias para os profissionais da Educação. Cerca de R$ 5 milhões foram injetados na economia dos dois municípios, O comércio agradeceu. Os recursos foram depositados nas contas dos servidores nos dias 8 e 9. Os dois prefeitos tinham anunciado muitas dificuldades financeiras deixadas pelas gestões passadas e demonstram uma excelente capacidade de reorganização das finanças municipais. Figueiredo é contador e Libório é empresário bem sucedido. Isso pode ter ajudado na hora de arrumar a casa financeiramente.

Pesquisa falsa
A eleição suplementar em Missão Velha deve resultar em muitos processos, inclusive por disseminação de noticia falsa, as famosas fake news. Na última semana, circulou uma suposta pesquisa de opinião do Instituto Paraná, colocando uma margem elástica para o candidato do PDT, Rosemberg Macedo, o Dr. Lorim, frente à candidata petista Maria das Graças, a Fitinha. O Instituto Paraná foi consultado e desmentiu a pesquisa. A postagem com informações falsas acabou sendo compartilhada por aliados, correligionários e militantes da campanha de Dr. Lorim, que devem ser acionados judicialmente por divulgação de fake news. Agora, a coordenação da campanha de Fitinha quer saber se a iniciativa partiu da direção da campanha opositora. O material já foi enviado para o Ministério Público Eleitoral para investigação.

Enquanto isso…
… A campanha de Missão Velha está produzindo ainda outras pérolas. Entre elas, promessas que, dificilmente, seus autores serão capazes de cumprir. Entre os absurdos, a promessa de acelerar a vacinação contra a covid-19. Prefeitos não têm gerencia sobre a distribuição de vacinas e, consequentemente, não poderão cumprir a promessa.

… A promessa está entre as ações de governo propostas pelo candidato do PDT, Dr. Lorim, e pode ser desmentida com uma observação no plano nacional de vacinação. A chapa concorrente, representada pela candidata Fitinha, promete recorrer à Justiça Eleitoral para barrar as promessas falsas. O clima esquenta com promessas falsas e disseminação de fake news.

… No Cariri, os municípios entraram em pânico com a notícia de que mais de 700 doses vencidas da vacina Astrazeneca teriam sido aplicadas em 60 municípios do Estado. Segundo a informação, baseada em informativos do Ministério da Saúde, seriam mais de 26 mil doses em mais de 1.500 municípios brasileiros. Mas, tudo foi desmentido pelo Governo do Ceará.

… Outro que acabou desmentindo a informações de que o lote de vacinas vencidas teria vindo para o Ceará, foi o próprio Ministério da Saúde. O fato curioso é que entre os municípios cearenses que mais teria recebido a vacina vencida seria Potengi. Bom, pelo menos, o prefeito Edson Veriato e a população do município respiram aliviados.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
RECOMENDADAS PARA VOCÊ
PUBLICIDADE
RECOMENDADAS PARA VOCÊ