Jornal do Cariri
Agricultor morre após choque elétrico e família cobra posicionamento da Enel
Acidente ocorreu em 21 de abril, na zona rual de Juazeiro do Norte
Foto: Reprodução
Natália Alves
07/05 14:46

O agricultor Paulo Quintino Bezerra Felipe, 41 anos, morreu no dia 21 de abril deste ano, nas localidades do sítio Espinho, zona rural de Juazeiro do Norte, em decorrência de um choque elétrico. De acordo com Elania Maria Vital, esposa de Paulo, 44 anos, ele havia saído de casa no dia para ligar uma bomba de água, e durante o trajeto precisou passar por uma cerca, onde recebeu a descarga.

A família da vítima busca esclarecimentos da concessionária de energia do Ceará, a Enel, pela morte do agricultor. Segundo a família, a queda de um fio de alta tensão na cerca que Paulo tentou atravessar, seria a causa do choque. 

Antes do falecimento de Paulo, Elania relata que o agricultor já tinha contatado a Enel há alguns meses, reclamando que uma das peças responsáveis por proteger os transformadores de distribuição para a zona rural costumava cair, o que resultava nas quedas de energia. “Em uma das últimas visitas feitas por uma equipe da Enel, eles perguntaram se podia fazer uma ligação direta da canela [peça responsável por proteger os transformadores de distribuição], mas ele [a vítima] disse que não, porque poderia ocorrer de algum fio tocar na cerca e causar a morte de algum dos animais que ele criava. E, mesmo assim, a ligação de um cabo direto foi feita, o que causou a morte dele”, detalhou.

No dia do acidente a Enel Distribuição Ceará visitou o local e avisou que entrariam em contato, mas até o momento não retornaram. A empresa lamentou o acidente e informou que as chuvas com ventos e raios danificaram a rede de energia na localidade.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
RECOMENDADAS PARA VOCÊ
PUBLICIDADE
RECOMENDADAS PARA VOCÊ