Jornal do Cariri
Impresso
x
Acesse sua conta
Em breve.
Baixar Versão impressa
Ministério Público arquiva denúncia contra Darlan Lobo
Darlan Lobo fez novas críticas à gestão de Glêdson Bezerra
Robson Roque
09/06 15:30

Titular da 7ª Promotoria de Justiça do Ministério Público do Ceará (MPCE), o promotor Francisco das Chagas Silva arquivou denúncia contra o presidente da Câmara Municipal de Juazeiro do Norte, vereador Darlan Lobo (PTB).

Conforme a queixa investigada, Darlan teria nomeado mais de 50 assessores parlamentares no final da gestão passada para pagamento de “supostos cabos eleitorais” por serviços que seriam prestados nas eleições municipais de 2020.

Durante as investigações, o promotor constatou que Darlan nomeou 14 assessores entre 2017 a 2020. No mesmo período, o então vereador e hoje prefeito Glêdson Bezerra teve nove assessores, mesma quantidade de profissionais que atuavam para o vereador Márcio Jóias. Líder do então prefeito Arnon Bezerra, Adauto Araújo teve 10 assessores na última legislatura.

Diante disso, o promotor então concluiu que: “Analisando os fatos, não se constatou a irregularidade informada na denúncia. isso porque, verificou-se que a quantidade de assessores parlamentares do vereador Darlan Lobo está em consonância com o parâmetro legal”, previsto em lei municipal. “Assim, na ausência de comprovação da irregularidade, arquive-se o procedimento extrajudicial neste órgão de execução”, ordenou o promotor Francisco Chagas, titular da 7ª Promotoria de Justiça.

Novas críticas

Na sessão desta terça-feira (8), Darlan comentou o caso e classificou esta e outras denúncias feitas ao MP como infundadas, "ocupando o Ministério Público com mentiras, com desinformação e informações falsas, querendo induzir o MPCE ao erro ou querer colocar a Câmara contra a população e o MPCE".

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
RECOMENDADAS PARA VOCÊ
PUBLICIDADE
RECOMENDADAS PARA VOCÊ