Jornal do Cariri
Luiz Gonzaga é homenageado em cidades do Cariri
As celebrações são em memória aos 33 anos de morte do cantor
Foto: Pedro Lucas Siebra
Natália Alves
03/08/22 17:00

Na noite desta segunda-feira (01) foram realizadas homenagens aos 33 anos de morte de Luiz Gonzaga. O rei do baião foi celebrado em Juazeiro do Norte com uma programação que contou com grupos de sanfoneiros, além de uma procissão e uma missa na paróquia Sagrado Coração de Jesus, no Bairro Salesianos. Um show para homenagear a carreira de Luiz Gonzaga fechou a programação.

No Crato, no distrito de Dom Quintino, há 7 anos um jovem montou um museu em homenagem à memória do Rei do Baião. Pedro Lucas Siebra buscou transmitir através do museu a identidade da região, e também manter o legado do cantor. No local é possível encontrar cerca de 400 peças preservadas.

Uma obra audiovisual intitulada "O menino que fez um museu", de direção de Sérgio Utsch, gravado no Crato em 2016, ganhou o prêmio principal em Londres, dado pela associação dos correspondentes estrangeiros.

Luiz Gonzaga foi um dos milhares retirantes nordestinos, que saiu em busca de uma vida melhor no sudeste do país. Em 1926, se reconheceu como artista, e em 1951, em São Paulo, foi reconhecido como O Rei do Baião, e eternizou esse estilo musical. Morreu em 02 de agosto de 1989, aos 76 anos, em Recife, Pernambuco.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
RECOMENDADAS PARA VOCÊ
PUBLICIDADE
RECOMENDADAS PARA VOCÊ