Jornal do Cariri
Impresso
x
Acesse sua conta
Em breve.
Baixar Versão impressa
Justiça suspende funcionamento de indústria em Juazeiro do Norte
Indústria funcionava sem licença ambiental
Foto: Divulgação
Robson Roque
05/02 16:06

O juiz de Direito Renato Belo Vianna Velloso determinou a suspensão das atividades industriais exercidas pela empresa Couro Cariri Indústria e Comércio de Couros - EIRELI. A decisão será mantida até que a corporação regularize a licença ambiental de operação, sob pena de multa diária por descumprimento estimada em R$ 5 mil.

A ação foi movida pelo Ministério Público do Ceará (MPCE) em 21 de janeiro de 2020 e atendida pelo juiz quase um ano depois, no último 18 de janeiro. A Autarquia Municipal de Meio Ambiente de Juazeiro do Norte (Amaju) também foi acionada na ação. Isto porque, segundo o MPCE funcionava à revelia do licenciamento ambiental para operar. 

Ainda conforme o MPCE, a investigação constatou que a indústria de couros “vem demonstrando inequívoco descaso pelas leis ambientais e mostra-se contumaz em praticar infrações administrativas que reverberam em danos ao meio ambiente”.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
RECOMENDADAS PARA VOCÊ
PUBLICIDADE
RECOMENDADAS PARA VOCÊ