Jornal do Cariri
Julho Amarelo conscientiza sobre hepatites virais
Vacina contra a hepatite B está disponível no SUS
Foto: Arquivo/ Agência Brasil
Joaquim Júnior
10/07/24 9:00

No mês de julho, é realizada a campanha “Julho Amarelo”, que orienta sobre a prevenção, o diagnóstico e o tratamento das hepatites virais. A hepatite é uma inflamação do fígado e pode ser causada por vírus, pelo uso de medicamentos, álcool e outras drogas, e ainda por doenças autoimunes. No Brasil, o Sistema Único de Saúde (SUS) disponibiliza, gratuitamente, os testes rápidos que detectam infecções pelos vírus B ou C e vacinas contra as hepatites A e B. A vacina contra a hepatite B está disponível no SUS para todas as pessoas não vacinadas, independentemente da idade. Durante todo mês, a Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), por meio da Coordenadoria de Vigilância Epidemiológica (Covep), promoverá programação especial em alusão à campanha.

Como explica a assessora técnica do GT de Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs/HIV/Aids) e Hepatites Virais da Covep, Anúzia Saunders, a campanha “Julho Amarelo” visa chamar atenção da população para a importância do diagnóstico precoce e da vacinação contra as hepatites, tendo em vista que a doença é silenciosa e que, na maioria dos casos, só apresenta sintomas já em estágio avançado.

“As hepatites virais podem ser transmitidas por relações sexuais desprotegidas, compartilhamento de material de uso pessoal (seringas, agulhas, lâminas, alicates, entre outros) transfusão de sangue ou procedimentos que não atendam às normas de biossegurança. Portanto, a indicação do Ministério da Saúde é que todas as pessoas sejam testadas pelo menos uma vez na vida, principalmente para hepatites B e C”, explica.

Com informações da Sesa

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
RECOMENDADAS PARA VOCÊ
PUBLICIDADE
RECOMENDADAS PARA VOCÊ