Jornal do Cariri
Igrejas evangélicas reabrem com 20% da capacidade
Atividades religiosas estão autorizadas a funcionar com 20% da capacidade.
Foto: Flávio Florentino
Samylla Alves
23/08/20 12:00

Após meses de trabalho restrito, as atividades religiosas estão autorizadas a funcionar, mas desde que respeitem as orientações dos decretos municipal e estadual, cumprindo determinações como a capacidade máxima de 20%, uso de máscara, álcool em gel e distanciamento entre os fiéis. Congregações evangélicas de várias denominações retomaram as atividades.

Após mais de 150 dias sem cultos presenciais, a igreja Assembleia de Deus abriu as suas portas, amparada pelos decretos estadual e municipal. “Retomamos as atividades observando todos os protocolos de biosegurança: uso de máscara, álcool em gel, distanciamento de 1,5m entre as cadeiras e limite de público de até 20% da capacidade”, diz o pastor Flávio Florentino. Além disso, o líder religioso recomenda que os irmãos evitem o contato físico, a saudação e o uso do microfone quando possível. “Nos cultos mais participativos, os irmãos precisam fazer inscrição para participarem, evitando assim aglomerações. Todos os cuidados estão sendo tomados, no sentido de não sermos impedidos de cultuar e contribuir para a redução do número de casos de covid-19”,  comenta o pastor evangélico.

Já maior representante da Igreja Católica no Cariri, a Diocese do Crato, decidiu prorrogar as celebrações presenciais. O bispo dom Gilberto Pastana afirma que a decisão de abrir as portas das igrejas requer cautela. “A multiplicação dos casos de covid-19 e, consequentemente o agravamento das ameaças à segurança do povo de Deus, demonstra que ainda é preciso um pouco mais de tempo para a retomada da vida eclesial de nossas comunidades, no que toca às celebrações públicas e outras ações litúrgicas e pastorais”, relata o bispo diocesano.

PUBLICIDADE
PUBLI_Requerimento_ASV.pdf
PUBLICIDADE
RECOMENDADAS PARA VOCÊ
PUBLICIDADE
RECOMENDADAS PARA VOCÊ