Jornal do Cariri
Impresso
x
Acesse sua conta
Em breve.
Baixar Versão impressa
Grupo Livre Mente completa 35 anos de fundação
O espetáculo "Esperando Comadre Daiana" já foi assistido por mais de um milhão de pessoas.
Mais de 20 espetáculos foram produzidos durante a jornada do grupo. Foto: Divulgação
Joaquim Júnior
15/09 11:00

Na década de 80, um grupo de amigos, diante da crescente desvalorização da arte no Cariri, se uniu para criar um novo grupo de teatro na região. A intenção era formar plateia e criar um espaço para o desenvolvimento do teatro, mantendo viva a história dele. Hoje, 35 anos depois, a Companhia de Teatro Livre Mente coleciona incontáveis momentos, repletos de prêmios e desafios que marcam a trajetória.

Jean Nogueira, Fátima Morimitsu, Edélcio Diniz e João Neto foram os fundadores da Companhia. A primeira peça foi um presente, dada por Bráulio Tavares: O  Trupizube, o Raio da Silibrina. Após viagens por todo o Nordeste, o grupo ganhou indicações e foi premiado em vários festivais pelo país. Entre os projetos desenvolvidos, ele cita os de formação de plateias e de oficinas. Um dos maiores destaques da Companhia, já assistido por mais de um milhão de pessoas, é o espetáculo “Esperando Comadre Daiana”.

“Fizemos também ‘Padre Cícero – eterna inspiração’, que é um espetáculo na Matriz para 50 mil pessoas”, lembra Jean Nogueira. Ele conta que o grupo sempre viajou pelo Nordeste e ganhou prêmios como o Encena Brasil e o Miriam Muniz, do Ministério da Cultura; o Edital das Artes, do Governo do Estado. “Já temos uma trajetória. São mais de 20 espetáculos feitos”, ressalta.

Como pontua Jean, “chega a ser resistência fazer teatro numa região como essa”. Com o tempo, o trabalho alicerçou a formação de plateia e, diferentemente de antigamente, hoje os ingressos chegam a se esgotar nas apresentações. “É muito difícil, mas a gente acredita, corre atrás e sempre realiza”, complementa. Um dos pontos positivos que ele ressalta é o poder estadual, por onde são selecionados em festivais. Quanto ao apoio municipal, ele acredita que haverá melhorias futuras.

*Mais detalhes na edição semanal do Jornal do Cariri. Para baixar o PDF, clique no botão IMPRESSO da barra superior do site.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
RECOMENDADAS PARA VOCÊ
PUBLICIDADE
RECOMENDADAS PARA VOCÊ