Jornal do Cariri
Falta do capacete lidera infrações de trânsito no Crajubar
Falta do capacete gera 18% das multas no Crajubar
Foto: Arquivo JC
Robson Roque
02/08/22 8:00

O número de motociclistas que trafegam sem capacete ou deixam de fornecer o equipamento de proteção para o passageiro lidera a quantidade de infrações aplicadas em Crato, Juazeiro do Norte e Barbalha em 2022. De janeiro a julho deste ano, 2.938 condutores foram penalizados por infringir este tipo de lei de trânsito. O número representa 18% do total de 17.046 multas aplicadas no triângulo Crajubar durante o período. Os órgãos municipais de trânsito intensificam ações na tentativa de não somente reduzir as penalidades, quanto de evitar mortes pela falta do capacete. 

Diretor do Departamento Municipal de Trânsito (Demutran) de Juazeiro do Norte, Edinaldo Moura afirma que, além de ações educativas, o órgão tem dedicado atenção na requalificação da sinalização viária. Além disso, tem buscado “adquirir tecnologia moderna no sistema semafórico e vídeo monitoramento para obter um maior controle no tráfego de veículos com mais segurança para todos os usuários da via”.

O Demutran de Barbalha intensifica as fiscalizações aos finais de semana. “Também estamos realizando blitzes educativas em parceria com o Detran nas principais vias do município”, acrescenta o órgão. No caso do Demutran de Crato, tais ações também são voltadas para os futuros condutores, por meio de palestras em escolas. “Pedimos a colaboração da população, respeito às sinalizações, atenção e cuidado com os pedestres, lembrando que a segurança e a paz no trânsito é dever de todos”, diz o órgão cratense.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
RECOMENDADAS PARA VOCÊ
PUBLICIDADE
RECOMENDADAS PARA VOCÊ