Jornal do Cariri
Deu a lógica

A eleição suplementar em Barro referendou o favoritismo do candidato do MDB, George Feitosa. Derrotado em 2020 por pouco mais de 50 votos, pelo prefeito cassado Marquinélio Tavares (PSD), George despontou como favorito para esta eleição suplementar desde o anúncio da cassação. George venceu a candidata do PSD, Vanda Pereira, por mais de 1.600 votos. Foram 6.886 votos (56,92%) de George contra 5.211 (43,08%) de Vanda. A eleição deste domingo (05) também apontou uma vitória do ex-senador Eunício Oliveira sobre o senador Cid Gomes (PDT). O grupo comandado por George interrompe quase 20 anos de hegemonia de Marquinélio, que vale salientar, não mergulhou na campanha. Foi atropelado pela Justiça e por George. Agora, George terá muito a decidir; primeiro o que fazer com a cidade que está um caos e, segundo, em quem votar em 2022. Pelo menos três deputados estaduais o ajudaram.

Limpeza geral

Em Salitre, a aliança entre o prefeito Dodó de Neoclides e o ex-prefeito Rondilson Ribeiro azedou de vez. Dodó está fazendo uma limpeza geral e demitindo contratados e comissionados ligados a Rondilson. E o exemplo começou por cima. Na quinta-feira (02), nas redes sociais, a secretária de Educação, Mônica Ribeiro, anunciou sua saída da gestão. Agradeceu a todos, menos ao prefeito Dodó. Mônica é irmã de Rondilson e estava no comando de uma pasta estratégica em períodos eleitorais. Dodó não perdoou o fato de Mônica estar acompanhando o irmão em voto contrário ao seu. O grupo de Rondilson vota em Evandro Leitão para estadual e em Janaina Carla para federal. Dodó quer o voto em Marcos Sobreira e Domingos Neto e, assim, se fez a discórdia. A avaliação é que Dodó não pode ficar atrás de Rondilson e do também ex-prefeito, Agenor Ribeiro. A visão já está em 2024.

Crise gerada, crise estancada

A Câmara de Antonina do Norte elegeu, no dia 25, sua nova Mesa Diretora para 2022. O vereador Rômulo Sampaio (MDB), eleito com cinco votos, deve assumir o cargo em janeiro, com um discurso de união na Casa. Apesar da expectativa, hoje, a situação política no Poder Legislativo é outra. A sessão chamou a atenção pela ausência de quatro dos nove vereadores, segundo informações, em protesto ao atual presidente Ronim Dias (PSD). O grupo de quatro vereadores boicotou a eleição para expor uma possível traição do presidente Ronim. Aliado ao grupo, Ronim teria ficado responsável pela articulação de um nome indicado pelo grupo, que unificasse a Casa. A crise foi estancada pelo presidente eleito Rômulo, que estaria colocando em prática o discurso de união. O novo presidente tem conversado com o grupo discordante e a paz parece estar próxima.

Faça o que eu digo

Apesar das muitas críticas a políticos que passam por cima das próprias determinações terem ganhado holofotes nos últimos anos, principalmente  durante a pandemia do coronavírus, a prática do “faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço” continua. Desta vez, o descumprimento do próprio decreto foi praticado pela prefeita de Jati, Mônica Mariano (PSD). A gestora prestigiou uma inauguração no comércio local e acabou participando de uma longa queima de fogos, o que está proibido por decreto assinado pela própria prefeita. Além dos fogos, a inauguração, realizada no último dia 4, reuniu uma verdadeira multidão, ou seja, aglomeração. Por parte do comerciante, uma comemoração afrontosa à sociedade e ao momento. Do lado da Prefeitura, o silêncio é perturbador. Nas redes sociais, a gestão foi cobrada por uma atitude.

Tudo explicado

Em contato com esta coluna, o presidente do PT de Abaiara, Raul Dantas, garantiu não haver rompimento entre as lideranças que fazem a base de apoio do prefeito Afonso Sampaio (PT). Segundo o presidente, o almoço oferecido ao deputado Fernando Santana foi promovido pelo partido e não pelo ex-prefeito Chico Sampaio, e Afonso não compareceu ao almoço por estar tratando de questões pessoais. Claro, uma desculpa clássica. Com relação ao deputado federal José Guimarães, Raul garantiu que o deputado parabenizou o aniversário do Município, até enviou post e vídeo. É bom lembrar que no dia o material não foi percebido nas redes sociais do deputado. Mas, a veiculação, por mais que tardia, serviu para amenizar a crise. Raul só esqueceu de responder em quem Afonso vai votar para estadual e federal. A expectativa é que ele vá de MDB.

Sem fidelidade

O prefeito de Nova Olinda, Ítalo Brito, demonstra não ter fidelidade ao grupo governista ligado aos irmãos Cid e Ciro Gomes. Filiado ao PP, do deputado estadual e secretário das Cidades, Zezinho Albuquerque, Ítalo tem conversado com o candidato da oposição, o deputado federal Capitão Wagner. A aproximação com a oposição é motivada pela disputa municipal com o deputado federal Idilvan Alencar. Ítalo quer provar que tem mais poder de transferência de voto e, por isso, precisa de candidatos diferentes de Idilvan. O prefeito não revela quem tem articulado a aproximação. Escapa dos curiosos, mas não deve escapar da fúria dos FGs, que já teriam colocado o prefeito entre os traidores do ano. Benefícios do governo previstos para o próximo ano, por exemplo, devem ser colocados na geladeira. A ideia é esperar o próximo gestor.

Enquanto isso...

... Em Farias Brito, as lideranças locais continuam se atacando. E com a proximidade de um pleito eleitoral, a tendência é aumentar. Na última semana, o ex-prefeito Zé Maria fez questão de destacar uma foto do atual prefeito, Deda Pereira, em meio a um encontro com idosos assistidos pelo Município. Deda era o único sem máscara e foi criticado pelo mau exemplo.

... Politicamente correto? Nem tanto. Na mesma semana, dia 3, o ex-prefeito Zé Maria apareceu bem animado, em suas redes sociais, também sem máscara. O “faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço” aconteceu no Sítio São João, no Bar de Paulo. A diferença de Deda para Zé Maria é que os idosos estavam de máscara e no bar ninguém usava.

... Prefeitos de vários municípios do Cariri estiveram em Crato, no dia 02, para reunião com secretário de Saúde do Estado, Marcos Gadelha. Entre as maiores cobranças, estão as dos prefeitos do Cariri Oeste, Antônio Filho (Antonina do Norte) e Libório Leite (Assaré). Os dois gestores aproveitaram o encontro para pedir mais investimentos. ... O foco dos gestores estava nas cirurgias eletivas, apoio aos hospitais municipais e previsão de investimentos contra uma possível nova onda da covid-19. Do Cariri Sul, o prefeito Deda Pereira (Farias Brito) solicitou mais parcerias do Estado no Município. O secretário Marcos Gadelha saiu do Crato com a certeza de que os gestores não aceitarão meras desculpas.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
RECOMENDADAS PARA VOCÊ
PUBLICIDADE
RECOMENDADAS PARA VOCÊ