Jornal do Cariri
Demontieux pretende extinguir contratos para terceirizações
Demontieux é candidato a prefeito de Juazeiro do Norte pelo PSOL
Foro: Divulgação
Joaquim Júnior
23/10/20 19:00

De Juazeiro do Norte, o jornalista Demontieux Fernandes é o candidato que representa o Partido Socialismo e Liberdade (PSol). Esta é a terceira candidatura dele, conhecido como Demontieux Cinquentinha, ao posto de prefeito no maior município caririense. No ano de 2012, ele recebeu 16 mil votos – o que, à época, representou cerca de 12,5% do total de votos contabilizados. Entre as principais propostas do plano de governo, que inclui projetos ligados a diferentes segmentos, está a saúde pública como prioridade.

Conforme avalia o jornalista, que é formado em Direito pela Universidade Regional do Cariri, da disputa no ano de 2012 aos dias de hoje, uma das principais mudanças percebidas foi a utilização das redes sociais nas campanhas. Tal novidade, ao ver dele, igualou os candidatos – algo que enxerga ser diferente do que é visto nas campanhas físicas, graças à disparidade entre investimentos dos candidatos. Com isso, ele busca fortalecer os trabalhos nas redes sociais, através de lives e comunicação direta com os eleitores.

No plano de governo, a intenção do candidato é recolocar os equipamentos terceirizados nas mãos da Secretaria de Saúde e extinguir a terceirização na saúde pública de Juazeiro. “Todos os contratos que a prefeitura de Juazeiro tem precisam ser revistos”, sugere, ao dizer que a construção de um hospital de pronto socorro, o pleno retorno da Atenção Básica da Saúde e o diálogo com profissionais da área compõem o plano.

Na educação, a intenção é “libertar” as escolas de Juazeiro, que segundo o candidato, são reféns de um modelo político atrasado, que quer se apropriar delas como se fossem comitês eleitorais. Uma proposta é realizar eleição direta para os núcleos gestores. “Não se faz educação libertadora sem que escola seja livre”, enfatiza. Para melhorar a educação, ele cita a importância de uma escola em tempo integral, com esporte, cultura e lazer na grade curricular. “Eu passei a minha vida na escola pública. Eu vim da escola pública. Eu sou fruto da escola pública. No dia que eu for alguma coisa na vida pública, tenho a obrigação de devolver à escola pública o que ela fez por mim”, diz Demontieux.

Quanto ao meio ambiente, os problemas com o lixo foram lembrados pelo candidato, que destacou a importância da instalação de um aterro sanitário, assim como capacitação de recicladores e instalação de ecopontos pela cidade para recolher o material. Em relação ao diálogo com a Câmara de Vereadores, ele foi enfático: transparência, diálogo e respeito são essenciais para a parceria voltada à resolução dos problemas do Município.

Sem coligação, Demontieux destaca que não houve acordo, negócio ou conchavo com terceiros. “Nunca entramos no helicóptero de nenhum empresário de Juazeiro para nos deslocarmos, porque a gente sabe que, depois, o preço disso aí é muito alto. Nós temos essa consciência política. É essa consciência política que nos leva a chegar numa campanha e dizer: a única candidatura independente em Juazeiro é a nossa. – sem rabo preso e vinculação com ninguém”.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
RECOMENDADAS PARA VOCÊ
PUBLICIDADE
RECOMENDADAS PARA VOCÊ