Jornal do Cariri
Cid tenta controlar totalidade de siglas

Ao participar do 5º Encontro Estadual do PDT, no Vale do Jaguaribe, no sábado (20), e do 6º Encontro, no domingo em Redenção, o senador Cid Gomes revelou a estratégia dos Ferreira Gomes para manter o controle do Ceará nas eleições do ano que vem: quer assumir a direção de todos os partidos, impedindo que o principal candidato de oposição ao Abolição, sequer seja candidato a governador. Tanto é verdade, que Cid já nominou que o PDT estará aliado ao PP, PL,PSD e PSDB e irá tomar o União Brasil. Segundo Cid, a preço de hoje, “estamos na frente “para desbancar Capitão Wagner. Como se percebe, Cid não discute nem o candidato a ser lançado à sucessão de Camilo Santana. Receia esse embate e tenta movimentos para massacrar qualquer nome de oposição.

Cid usa aliada de Camilo em barganha

Para convencer o presidente nacional do União Brasil, Luciano Bivar, a entregar o controle do partido aos FGs, Cid Gomes ofereceu a eleição da candidata a deputada federal, Janaína Farias. Hoje, Janaína é filiada ao PT de Crateú. Cid está propondo filiar Janaína ao União Brasil, mesmo com o partido mantendo em seus quadros alguns bolsonaristas que não vão acompanhar o presidente Bolsonaro ao PL. Essa imposição de Cid visa derrotar as pretensões de Capitão Wagner de ficar com a legenda. Além de Janaína, Cid assumiu o compromisso de eleger quatro deputados federais. Só lembrando a Bivar: em 2014, Cid prometeu eleger um deputado federal a Gilberto Kassab, e em 2018, a ACM do DEM. Nessas duas eleições, Cid não honrou sua palavra. Bivar está ciente que se cair na conversa de Cid será o terceiro a ser enganado e pode até pedir música no Fantástico.

Cid controla mesmo deputados

O regimento da Comissão Mista do Orçamento (CMO) exige que dois senadores e 17 deputados federais assinem tendo o mesmo critério para a divisão das emendas de bancada. Mas, Cid só teve o apoio de 13 deputados federais. E sua proposta de dar 50% dos R$212 milhões para Governo do Estado, R$ 53 milhões para prefeitura de Fortaleza, R$ R$ 21 milhões para universidades, IFCEs e órgãos federais no Estado perdeu. Ainda assim, o medo de Cid se impôs a bancada cearense: 14 deputados federais deram mais de 50% ao Estado. Entretanto, não foram tão generosos. Cid arrecadou R$100.977.250,00 para o Governo do Ceará. Só seis deputados federais ousaram desafiar Cid e dar todas as suas emendas para os 183 municípios. Três deputados deram quase 25% de suas verbas ao Estado. Essa derrota de Cid, que o deixou irado, foi comandada pelos deputados Danilo Forte e Capitão Wagner. O estranho foi comportamento de Luizianne: deu R$ 8,1 milhões ao Governo do Ceará. Não fraquejou aos caprichos de Cid, mas deu quase todas suas ao Governo Camilo. Como se nota, os FGs são fortes e impõem suas vontades.

Polícia Civil desvendou dois esquemas

As investigações da Polícia Civil sobre a atuação dos bicheiros do Cariri acabou desvendando um grande esquema de corrupção que atuava na Prefeitura de Juazeiro do Norte. O quebra-cabeça começou a ser montado a partir da quebra de sigilo telefônico do ex-prefeito de Várzea Alegre, Vanderlei Freire, pioneiro em jogos de azar na região. Com o negócio de vento em popa, Vanderlei atraiu o amigo varzealegrense, Beto Primo, e Capitão Vieira para parcerias fora da lei. Flagrados na contravenção do jogo do bicho, os dois vereadores acabaram por atrair a atenção para um terceiro parlamentar: o presidente da Câmara, Darlan Lobo, suspeito de estar atolado em fraudes em obras da públicas. Darlan se tornou o líder do braço político. E Darlan com Capitão se tornaram sócios nos negócios com a prefeitura de Juazeiro do Norte. A Polícia ainda investiga, mas mensalmente a retirada de Capitão Vieira nunca era inferior a R$ 400 mil. Beto Primo vendeu sua banca para um comerciante de Missão Velha. Fala que por R$1 milhão. Outros dizem que a bolada foi no mínimo dez vezes esse valor. A apuração vai descobrir tudo.

Tentáculos do jogo dentro da prefeitura

A Polícia Civil se surpreendeu com os grampos telefônicos a extensão da organização criminosa que operava no Cariri. Vanderlei Freire estava tão ciente da impunidade, que após ter exercido dois mandatos de prefeito, agora se lançou candidato a deputado estadual pelo PP. Fez tantas alianças - nada ortodoxas - com políticos da região, que sua eleição é dada como certa. Deputado para mais de 100 mil votos. Ao aprofundar a investigação, a Polícia identificou que essas operações criminosas com o jogo do bicho e virtual tinham avançado para uma segunda etapa com a lavagem do dinheiro arrecadado em investimentos em empresas que atuavam na prefeitura de Juazeiro do Norte, vencendo licitações de obras públicas. E a dinheirama que precisava ser “esquentada” era muita. Somente a banca Alternativa, de Beto Primo, faturava R$ 1 milhão/mês. Já a Banca Bets, do Capitão Vieira, também não ficava atrás. Seu faturamento variava de R$ 500 mil a R$ 800 mil por mês. Darlan ajudava politicamente, e um quarto e um quinto vereador, Antonio de Lunga e Domingos Borges, também são nominalmente citados, porém as provas contra eles, até o momento, foram frágeis para pedir o afastamento do cargo.

Câmara tem um novo presidente

Após a notícia do afastamento do presidente Darlan Lobo e do vice Capitão Vieira Neto, o segundo vice, Willian Basílio, o Bilinha, tratou de tomar as rédeas do Poder Legislativo juazeirense. Surpreendeu pela clareza sobre a situação e disposição ao comando. Ainda na quinta-feira (18), circulou a informação que Bilinha iria renunciar. Tudo não passou de fake news. Na Câmara, há quem avalie a mentira como fruto da vontade da vereadora Yanny Brena, primeira secretária e candidata à sucessão do presidente afastado Darlan Lobo, antecipar sua posse. Se Bilinha renunciasse, Yanna assumiria. Bilinha se reuniu com os colegas nesta segunda-feira (22), para mostrar seu estilo administrativo e falou com a imprensa sobre a normalidade na Casa, apesar do escândalo que envolve cinco vereadores. Bilinha garante que os trabalhos seguirão seu rito normal, sem prejuízos a Juazeiro. Uma conversa com o prefeito Glêdson Bezerra está sendo agendada, pois Bilinha quer a reaproximação dos poderes. Único desafio de Bilinha é governar sem interferência do irmão Luciano Basílio. Se assumir o cargo dando transparência ao poder e não permitindo decisões influenciadas por Luciano Basílio, sua interinidade deve durar.

Cavalcante expulsa vereadores ao vivo

O escândalo envolvendo os vereadores de Juazeiro teve um capítulo histórico na sexta-feira (19). Durante uma entrevista a uma rádio local, o vereador Capitão Vieira Neto se explicava sobre seu envolvimento na investigação, que culminou com o seu afastamento. Quando dava suas explicações, foi surpreendido pela entrada ao vivo do deputado estadual Delegado Cavalcante. Presidente de fato do PTB no Ceará, Cavalcante disse que não comungava com a atitude dos vereadores Capitão Vieira e Darlan Lobo. Sem nenhuma cerimônia, disse que eles estavam convidados a deixar o partido. Cavalcante avaliou que as condutas reveladas pela investigação, policial são incompatíveis com as novas práticas do PTB no Ceará. Sem esboçar qualquer reação, Capitão Vieira disse apenas que iria provar sua inocência. Cavalcante já ofereceu carta de anuência também ao vereador Marcio Joias. Segundo Cavalcante, sua meta é limpar o partido em Juazeiro do Norte.

Disse me disse…

O empresário Palito Mega Som, provável responsável pela sonorização da ExpoCrato, acabou despertando a ira do setor de eventos no Ceará.

Durante um evento no Cariri, Palito usou o cantor Fábio Carneirinho para anunciar as atrações da provável ExpoCrato ainda este ano.

Minutos depois, o governador Camilo desmentiu a autorização para grandes eventos no Estado. Muita gente trabalhava a possibilidade de Réveillon e Carnaval.

Mas Camilo, com a responsabilidade de quem cuida de todos os cearenses, descarta a volta dessas festas quando há uma quarta onda na Europa.

O vereador cratense Pedro Lobo passou uma grande vergonha. Doou o carro para levar a imagem de São José Operário, mas esqueceu de abastecer.

Durante a procissão, o carro deu prego de combustível, paralisando o cortejo por mais de 40 minutos. Nas redes sociais, o vereador foi muito criticado.

O deputado Rafael Branco constrói pontes para o turismo religioso do Cariri. No dia 16, esteve com o Padre Reginaldo Manzotti, em Curitiba.

Rafael teve de Manzotti o compromisso de vir ao Cariri com o projeto “Evangelizar é preciso”. Rafael aprovou a homenagem na Assembleia.

A vereadora Jaqueline Gouveia fez a agenda do deputado Célio Studart em Juazeiro do Norte no fim de semana. Ambos são ligados à causa animal.

Célio espera o apoio de Jaqueline no próximo ano. Mas a vereadora precisa convencer o Pastor Ronaldo Martins e Eunício Oliveira, a quem já prometeu apoio.

Desculpe a ignorância, a Câmara de Juazeiro vai ter coragem de se antecipar ao trabalho policial e pedir a cassação dos vereadores Beto Primo, Darlan Lobo e Capitão Vieira?

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
RECOMENDADAS PARA VOCÊ
PUBLICIDADE
RECOMENDADAS PARA VOCÊ