Jornal do Cariri
Ceará sangra com vergonha de Camilo

O diretor Sam Peckinpah é autor desse  filme de 1971, que traz a marca atual do Ceará: Domínio do Medo. O Ceará vive não apenas sob medo, mas em pânico com a situação da violência. A nossa principal indústria - o turismo - está ameaçada. O 15º Anuário Brasileiro de Segurança Pública, elaborado pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, publicado este ano, retrata que o Ceará é o estado  mais violento do Brasil. Não se assustem. Fortaleza é a segunda capital mais violenta entre as 26 do País. E os índices alarmantes prosseguem. Entre os municípios mais violentos, dos mais de 5.500 do Brasil, estão Caucaia, Maranguape, Maracanaú, Sobral, Juazeiro do Norte e Crato. Os indicadores são a herança do Governo Camilo na Segurança. Mostram que o Ceará é o campeão nacional no número de homicídios violentos, com 45,2 mortes por 100 mil habitantes. Um acréscimo de 75,1% na quantidade de óbitos do Ceará. Todos esses dados oficiais ganharam destaque na mídia nacional. E receberam, estranhamente, o silêncio do governador Camilo Santana. Nem uma única palavra ele balbuciou: desculpa. Perdão, minha gente. Camilo fracassou na sua política de segurança. Não admite que precisa refletir. Necessita mudar a segurança de seu governo e culpa o motim.

Ceará controlado por facções abertamente

Não são apenas os números de homicídios violentos que desmascaram a política fracassada de segurança do Governo Camilo, nesses 6 anos e 6 meses. Se somarmos a era da oligarquia FG, totalizaremos 14 anos e 6 meses de incompetência, e mais fracasso. A memória de todos nós é curta, mas é bom não esquecermos o fiasco do bilionário projeto Ronda do Quarteirão. Nada funcionou na segurança. Nem no Governo Cid muito menos na atual gestão de Camilo Santana. E o Cariri, que tanto o Governador diz preservar, é um alvo preferido da bandidagem. Na região, como em todas as outras do Estado, soma quase 100 municípios controlados administrativamente por facções. Sim! As facções, hoje, mandam não apenas nos presídios, nas ruas, no tráfico de drogas, nos assaltos, e principalmente nas licitações do lixo, dos aluguéis de carros, da merenda escolar, e de tantos outros negócios que viraram lavanderias para as organizações criminosas, sem que o governador Camilo Santana, mais uma vez, emitisse qualquer comentário assumindo compromissos para resolver esse drama que assola o Ceará. Afinal, a Polícia Civil estourou um esquema que envolve políticos do Centrão e de facções em Itatira. A operação abafa está em curso. Essa organização, dirigida por Jonas Matheus e Paulo Anderson, manipula 35 municípios em negócios apurados pela Polícia de R$ 132 milhões. Camilo não deu um pio. Um único pio sobre o assunto. Não é a toa que a segurança do Ceará é a pior do Brasil.

David Araújo está cassado e mais 2

As crises na Câmara de Juazeiro do Norte parecem não ter fim. Uma decisão do juiz eleitoral Giacumuzaccara Leite Campos cassou o diploma do vereador David Araújo, do PTB. David foi flagrado comprando votos e está enquadrado em abuso de poder econômico, o que é crime eleitoral grave. Giacumuzaccara é o mesmo juiz que cassou os diplomas do prefeito Glêdson Bezerra, do vice Giovanni Sampaio, além dos diretos políticos do empresário Gilmar Bender. Informações da zona eleitoral garantem que outros dois parlamentares juazeirenses, também, devem ter o mesmo destino. Na Câmara, todos já sabem das próximas decisões. Como o prefeito Glêdson, os três vereadores poderão recorrer ao TRE e depois ao TSE. Todos responderão nos cargos.

Glêdson desafia Janu a provar o que diz

Um dia depois do vereador Janu avaliar como fake news as informações sobre asfaltamento e calçamentos presentes na propaganda institucional dos seis primeiros meses da administração de Juazeiro do Norte, o prefeito Glêdson Bezerra desafiou o vereador a provar o que falava. Durante a entrega de Órteses e Próteses, na sexta-feira (16), Glêdson sugeriu que o vereador convoque o Ministério Público, a Câmara Municipal, o TCE e outros órgãos fiscalizadores para investigar as pavimentações e as outras ações do seu Governo. Glêdson garante ter tudo documentado e classificou de irresponsabilidade a afirmação do vereador que, sequer, sabe quantos alunos tem a rede pública. No seu pronunciamento na Câmara, o vereador disse que o Município tinha 60 mil alunos, quando são, na verdade, 34 mil. A tensão aumenta entre a oposição e o prefeito Glêdson cresce no Legislativo.

Yury quer assumir comando da Câmara

O enfraquecimento do grupo dos 15 (G15), comandado pelo presidente Darlan Lobo e pelo vice Capitão Vieira, está motivando o surgimento de uma nova força no Legislativo de Juazeiro do Norte. O novo grupo é liderado pelo empresário Yury do Paredão, irmão da vereadora Yanny e provável candidato a deputado estadual. À frente da articulação do grupo está o vereador Adauto Araújo, que teria conquistado outros sete colegas para esse projeto político, às custas de muitos argumentos. Na ânsia de ter protagonismo, se eleger deputado estadual e, em 2024, ser prefeito de Juazeiro, Yury atropela as lideranças de Darlan e do Capitão Vieira. Yury avalia que os dois perderam o pulso para estar à frente da oposição ao prefeito Glêdson Bezerra. Daí, sua estratégia é isolá-los. Yuri só esquece que tanto Darlan e quanto Vieira sabem muito bem o caminho das pedras na política de Juazeiro. O grupo de Yuri ganhou apelido: Centrão do Juazeiro, porque adora negócios. Republicanos ou não.

Guilherme cada vez mais forte na Câmara

O prefeito de Barbalha, Guilherme Saraiva, está mais fortalecido na Câmara de Vereadores. Eleito com minoria na Casa Legislativa, convenceu, inicialmente, a vereadora Luana de Rosário, para conquistar a presidência da Casa. Agora, dos 15 vereadores, Guilherme já tem nove parlamentares com a adesão da vereadora Efigência Garcia. Guilherme está a um voto de conquistar dois terços da Casa e conseguir comandar todas as votações que interessam ao seu Governo. A adesão racha o grupo do ex-prefeito Argemiro Sampaio. Efigênia é irmã do ex-vice-prefeito de Argemiro, Ernandes Garcia, que deu o aval para a mudança de lado. Guilherme tem sido ajudado pelo deputado estadual Fernando Santana nesse trabalho de cooptação política para assegurar a governabilidade do prefeito Guilherme no Poder Legislativo barbalhense.

Ciro e Lula em queda de braço eleitoral

A batalha eleitoral em Missão Velha se transformou numa disputa nacional. Os candidatos Loirinho (PDT) e Fitinha (PT) perderam espaços em suas campanhas para os presidenciáveis Ciro Gomes e Lula. Enquanto Ciro gravou um vídeo elogiando Loirinho e ressaltando suas virtudes, Lula contra-atacou, destacando que Fitinha é a candidata dele nessas eleições, e que eleita terá seu apoio no Planalto a partir de 2023. O azar de Ciro é que tão logo começou a circular o vídeo dele pedindo votos para Loirinho, a Justiça Eleitoral cassou seu registro de candidato. Resultado: Ciro ganhou uma fama injusta de pé frio. Outra dificuldade é que Lula é muito querido em Missão Velha, por ter realizado muitas obras na cidade, diferente de Ciro, que até desaprendeu onde fica o Município. A confusão nas ruas de Missão Velha só aumenta e o governador Camilo Santana e o senador Cid Gomes não se metem nessas eleições. Querem que PDT e PT fiquem unidos em 2022, mesmo com Ciro atacando Lula como ladrão todos os dias, todas as horas, todos os instantes. O PT silencia, pois os petistas cearenses, à frente José Guimarães, são subservientes aos FGs. Guimarães espera em troca ser indicado a vice na chapa ao Governo do próprio Cid Gomes. Já Camilo quer ser senador, mas pode ter de abandonar esse projeto, pois os FGs querem apoiar à candidatura de Tasso Jereissati à reeleição. E Tasso desistiu de disputar as prévias presidenciais do PSDB. O acordo com Ciro, para ser senador, parece estar fechado. Camilo está ciente.

Disse me disse...

Deputado Capitão Wagner vem no próximo dia 22 a Juazeiro do Norte participar de eventos políticos.

Pré-candidato ao Abolição, Wagner está rodando o Ceará acreditando que, em 2022, possa derrotar a oligarquia dos FGs.

No Cariri, as discussões prosseguirão com o empresário Gilmar Bender, nome cotado para ser vice de Wagner, representando a região.

Os deputados estaduais caririenses, Rafael Branco e Nelinho Freitas, continuarão na ativa, mesmo com o recesso parlamentar da Assembleia.

Rafael e Nelinho estão entre os escolhidos para compor a comissão que ficará em regime de plantão durante o recesso da Casa Legislativa.

O ex-candidato a prefeito do Crato, Aloísio Brasil, confirmou sua pretensão de disputar uma cadeira na Assembleia Legislativa.

Aloísio vai fazer dobradinha com a vereadora e primeira-dama de Iguatu, Eliane Braz, que será candidata a deputada federal.

 Aloísio tem o aval do PSD, seu novo partido. Aloísio abandona Capitão Wagner e se aproxima do Governo, levado por Domingos Filho.

Empresário Yuri do Paredão não é filiado a nenhum partido. Precisa definir qual legenda irá ingressar para concorrer a um mandato de deputado estadual.

Desculpe a ignorância, o governador Camilo Santana vai falar algo sobre o Ceará ser o estado mais violento do Brasil?

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
RECOMENDADAS PARA VOCÊ
PUBLICIDADE
RECOMENDADAS PARA VOCÊ