Jornal do Cariri
Impresso
x
Acesse sua conta
Em breve.
Baixar Versão impressa
276 servidores de Juazeiro do Norte devem devolver R$ 187 mil
Servidores podem ser enquadrados em crimes de falsidade ideológica e estelionato
Parte dos servidores se cadastrou em aplicativo. Foto: Robson Roque - Jornal do Cariri
Robson Roque
15/06 14:30

Com informações do repórter Murilo Siqueira.

A Prefeitura de Juazeiro do Norte vai notificar 276 servidores de Juazeiro do Norte que receberam, indevidamente, o auxílio emergencial, benefício financeiro concedido pelo Governo Federal. Somente podem receber o recurso trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEI), autônomos e desempregados como proteção emergencial no período da pandemia causada pela covid-19.

Chefe de gabinete do prefeito Arnon Bezerra, o advogado Nildo Rodrigues confirma que cada servidor será notificado pessoalmente “para que ele apresente a sua justificativa e, caso queira, para não se enquadrar nos crimes de falsidade ideológica ou de estelionato, possa devolver o recurso recebido indevidamente”.

Saiba mais:
TCE e CGU denunciam servidores públicos que receberam auxílio emergencial

Apenas três municípios no Ceará, entre eles Campos Sales e Jardim, não foram notificados pelo Tribunal de Contas do Ceará (TCE) e pela Controladoria Geral da União (CGU) com informações sobre servidores que receberam o auxílio irregularmente.

No caso de Juazeiro, 188 servidores incluídos no Cadastro Único, 26 inclusos no Bolsa Família receberam o benefício automaticamente, enquanto os 62 restantes solicitaram o benefício por meio de aplicativo. 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
RECOMENDADAS PARA VOCÊ
PUBLICIDADE
RECOMENDADAS PARA VOCÊ