Jornal do Cariri
Impresso
x
Acesse sua conta
Em breve.
Baixar Versão impressa
Prova de vida segue suspensa até o final de novembro
Agência do INSS em Juazeiro. Foto: Samylla Alves
Samylla Alves
16/10 15:30

Uma portaria publicada pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) no Diário Oficial da União prorrogou, até o final de novembro, a interrupção do bloqueio, por falta de comprovação de vida de seus beneficiários, dos créditos de benefícios que têm como destino pessoas residentes no Brasil ou no exterior. Somente a partir de dezembro o beneficiário correrá risco de perder o benefício, caso a medida não seja novamente prorrogada ou caso o beneficiário não faça a comprovação de vida.

Desde março o procedimento foi adiado quatro vezes. O INSS poderá prorrogar novamente os prazos enquanto durar o estado de emergência por causa da pandemia do coronavírus. É previsto por lei que a prova de vida do INSS deve ser feita anualmente, na rede bancária, na data de "aniversário" do benefício pago por meio de conta-corrente, conta-poupança ou cartão magnético. Quem não comprova que está vivo, tem a renda bloqueada.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
RECOMENDADAS PARA VOCÊ
PUBLICIDADE
RECOMENDADAS PARA VOCÊ