Jornal do Cariri
Presidente do TCE-Ceará assume com metas para fiscalizar prefeituras
Donizete Arruda
09/01/24 0:00

O novo presidente do Tribunal de Contas do Estado do Ceará (TCE), conselheiro Rhoden Queiroz, tomou posse nesta segunda (08), sem contar com a presença do governador Elmano de Freitas, que estava em Brasília, no ato em defesa da democracia no Congresso Nacional, ao lado do presidente Lula e dos presidentes do Congresso Nacional, Rodrigo Pacheco e do STF, Luiz Roberto Barroso. No TCE-Ceará, a presidência de Rhoden Queiroz será marcada pela busca permanente pela correta aplicação dos recursos públicos, tanto pelo Estado quanto pelas 184 prefeituras cearenses. Esse compromisso da nova direção do TCE-Ceará, que tem ainda na vice-presidência, conselheiro Valdomiro Távora, e os conselheiros Edilberto Ponte, na Corregedoria, e Patrícia Sabóia, na Ouvidoria, é a garantia que o dinheiro que chega assegurará qualidade de vida ao povo cearense. Esses recursos devem ser bem aplicados e estarão sob fiscalização do Tribunal de Contas do Ceará. Essa garantia é um fator a inibir a prática de erros na administração pública das 29 prefeituras do Cariri, listadas como as que mais erros cometem nas execuções dos programas sociais e dos projetos de desenvolvimento nos municípios.

Glêdson antecipa disputa eleitoral ao romper consórcio
Não adianta o prefeito de Juazeiro do Norte, Glêdson Bezerra, tentar convencer de que sua decisão de romper com o Consórcio de Saúde do Cariri é técnica e financeira. Essa medida sempre será vista e analisada como política. Ao romper com o consórcio de saúde, Glêdson acaba por colocar em risco o próprio funcionamento da Policlínica e do CEO, o que - em tese - causaria imenso desgaste ao governo Elmano de Freitas. Diante dessas ameaças, o governo Elmano acionou a sua base, que não tem poupado nas críticas ao prefeito de Juazeiro do Norte. O presidente do Consórcio, prefeito de Barbalha, Guilherme Saraiva, já avisou que vai recorrer à Justiça para evitar a saída. Mas irredutível, Glêdson garante que a decisão é sem volta e se prepara para o enfrentamento judicial. Prefere apostar no seu estudo que mostra uma economia de R$ 2 milhões por ano com a saída. Sobre o confronto aberto com o Abolição, prefeito Glêdson avalia como positivo, segundo suas pesquisas dizem.

Governador enquadra Glêdson na Policlínica
A reação do governador Elmano ao rompimento do prefeito Glêdson de deixar o consórcio da saúde foi dura. Garantiu à população de Juazeiro do Norte a continuidade dos serviços fornecidos pela Policlínica João Pereira dos Santos, em Barbalha, que integra o consórcio de saúde com mais cinco municípios. Uma dessas cidades é Juazeiro do Norte. Deputado Fernando Santana denunciou que a área de saúde vive um caos. E lamentou: “querer fechar essa porta da Policlínica para atender a população de Juazeiro. Para nós, é um absurdo, é lamentável. O prefeito atual disse que a Policlínica é de Barbalha. Não é verdade. A policlínica é de Juazeiro. É de Barbalha. É de Jardim. É de Missão Velha. É de Caririaçu e é de Granjeiro, porque ela atende a toda essa população”. E complementou: “Nós procuramos o secretário da Casa Civil, Max Quintino e nós conversamos com o governador Elmano de Freitas. O Governador foi sensível, amigo do povo de Juazeiro, do povo do Cariri”. Secretário Max Quintino foi categórico ao se manifestar nas redes sociais ao lado do deputado Fernando Santana: “a policlínica jamais fechará as portas para atender à população de Juazeiro. Já contatamos a secretária de Saúde, Tânia Mara, que já está providenciando e tomando todos as providências, para que a gente não deixe o povo de Juazeiro sem atenção.”

Nelinho articula filiação ao PT para ser opção
O ex-deputado estadual Nelinho Freitas está decidido a se desfiliar do MDB. Alega não ter expectativa para assumir a cadeira no lugar do deputado federal, com uma licença de Eunício Oliveira. O presidente Lula desistiu de fazer uma reforma ministerial no início desse ano. Assim, Eunício não irá ocupar uma pasta na Esplanada. Mas, na verdade, a saída de Nelinho do MDB, se daria porque ele vê uma possibilidade de ser o plano B da base aliada em Juazeiro, se estiver filiado ao PT. Nelinho trabalha para ser o candidato, em caso de desistência de Fernando Santana, para a disputa de prefeito. Para se credenciar como alternativa, sabe que precisar estar no PT. Nelinho é assessor especial do gabinete do governador Elmano de Freitas e espera a defesa do seu nome pelo Abolição. Nelinho avalia que corre por fora, por isso, constrói para ser uma opção. Contudo, para essa articulação ter alguma chance, deve buscar refazer a sua relação com Raimundão e o deputado Davi Macedo, que está abalada, daí ter gerado os vetos na base.

Raimundão é dono do MDB até dezembro
Não há mais dúvidas sobre quem tem o comando do MDB de Juazeiro do Norte: Raimundo Macedo é presidente do Diretório Municipal do MDB com mandato até o dia 06/12/2024. O presidente estadual do MDB do Ceará, Eunício Oliveira, tem compromisso com Raimundão. Não há chance de ocorrer qualquer mudança na direção do MDB de Juazeiro, antes do término do mandato de Raimundão. Essa informação, confirmada pelo próprio Eunício, revela que Raimundão, se quiser, pode lançar a candidatura do deputado Davi Macedo a prefeito para enfrentar à reeleição de Glêdson Bezerra. Eunício mantém um grande respeito e carinho por Raimundão, que é leal ao MDB cearense. Ciente dessa situação partidária, o deputado federal Yury do Paredão já confirmava, no final de semana no Cariri, que não haverá qualquer modificação no controle partidário do MDB em Juazeiro do Norte. Quem decide o rumo eleitoral do partido é Raimundão, logicamente que conversando com Eunício Oliveira, a quem considera um amigo e seu liderado.

Yury do Paredão vive experiência na Funasa
O episódio parece história antiga da política no Ceará. Deputado Yury do Paredão chegou, na semana passada, no gabinete do superintendente interino da Funasa, no Ceará, Aureolino Meireles da Fonseca. E ao entrar no local, o surpreendeu: pediu para sentar na sua cadeira. Foi atendido. Ao assumir simbolicamente o cargo de dirigente máximo da Funasa no Estado, Yury avisou aos presentes: a partir de hoje, quem manda nesse órgão sou eu. E definirei como serão as prioridades da Funasa-Ceará. Servidores da Funasa escutavam atentamente as medidas que deverão ser adotadas. Em seguida, o mesmo Yury do Paredão solicitou uma cópia da folha de pagamento e de todos os contratos em execução no Ceará. O superintendente interino do órgão não atendeu ao pedido. Disse que só poderia entregar ao deputado federal os documentos solicitados, após receber uma ordem superior, da direção nacional da Funasa. Detalhe, a ordem de Brasília foi negar entregar as comprovações sobre os salários e os contratos de obras. Nenhum deputado federal cearense tem esse privilégio. Já o superintendente Aureolino da Fonseca comunicou estar disposto a entregar o cargo. Também nem sabe se seria efetivado. Claro, que o deputado Yury do Paredão desmente a veracidade dos fatos: tudo é fake news.

Disse me disse…
Continua indefinido o futuro partidário do prefeito Glêdson Bezerra. Sua permanência no Podemos, hoje é improvável.

Senador Cid Gomes, que é o dono do Podemos no Ceará, apoiará o candidato do ministro Camilo na sucessão de Glêdson, em Juazeiro.

Deputado Guilherme Landim se recolheu. Nada de comentar as pretensões de Cid Gomes fazê-lo sucessor de Evandro Leitão na Alece.

O PT de Juazeiro deve se reunir, ainda em janeiro, para afunilar as pré-candidaturas do partido para a eleição municipal. Hoje são cinco nomes.

A ideia dos petistas é que da reunião saiam apenas três nomes. O afunilamento deve ir até março e o favorito é Fernando Santana.

Barbalha terá uma terceira via nas eleições de 2024. O grupo, rompido com a oposição, é liderado pelo suplente de vereador Erivaldo Ferreira.

O grupo está no PMB, mas já articula com outras siglas ligadas à direita e sonha com a vinda do PDT. Tentarão convencer Geraldo Sinésio.

Desculpe a ignorância, esquentou de vez a disputa entre Glêdson Bezerra e Fernando Santana pela prefeitura de Juazeiro do Norte?

PUBLICIDADE
PUBLI_Requerimento_ASV.pdf
PUBLICIDADE
RECOMENDADAS PARA VOCÊ
PUBLICIDADE
RECOMENDADAS PARA VOCÊ