Jornal do Cariri
Impresso
x
Acesse sua conta
Em breve.
Baixar Versão impressa
MPCE investiga denúncias de abuso sexual
MP já identificou casos envolvendo profissionais de cinco escolas e uma universidade
Foto: Reprodução MPCE
Da Redação
04/06 21:04

O Ministério Público do Ceará (MPCE), através da 12ª Promotoria de Justiça de Juazeiro do Norte, instaurou um procedimento extrajudicial nesta quinta-feira (04/06), para apurar casos de abuso sexual sofridos por alunas em estabelecimentos de ensino públicos e privados em Juazeiro do Norte e Crato. Os abusos teriam sido cometidos por professores e funcionários.

Os promotores de Justiça Leonardo Marinho, André Simões e Flávio Corte, titulares das 12ª, 4ª e 13ª Promotorias, respectivamente, requisitaram a instauração de um inquérito policial na Delegacia de Defesa da Mulher de Juazeiro do Norte para a abertura de uma investigação.

Segundo os representantes do MPCE, as denúncias começaram a ser divulgadas por diversas alunas na última terça-feira (02) através da hashtag #exposedcariri, na rede social "Twitter". Os fatos investigados estão previstos nos artigos 215-A (importunação sexual), 216-A (assédio sexual) e 217-A (estupro de vulnerável), todos do Código Penal Brasileiro.

O promotor de Justiça Leonardo Marinho informa que, até o momento, já foram identificados casos envolvendo profissionais de cinco escolas e uma universidade, e ressalta ser de suma importância que as vítimas busquem as autoridades para relatar os casos, a fim de contribuírem com as investigações. Informações podem ser enviadas para o WhatsApp da 12 ª Promotoria: (85) 98563-2882 ou através do e-mail prom.violenciadomesticajn@mpce.mp.br. Os nomes dos investigados e das vítimas serão mantidos em sigilo para não atrapalhar às investigações, como autoriza o artigo 7º da Resolução nº 23/2007 do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP).        

Fonte: Ministério Público do Estado do Ceará      

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
RECOMENDADAS PARA VOCÊ
PUBLICIDADE
RECOMENDADAS PARA VOCÊ