Jornal do Cariri
MP pede nomes e salários do trem da alegria de Bilinha
Cargos foram criados no apagar das luzes, em 2021
Foto: Divulgação
Jornal do Cariri
07/06/22 8:00

O Ministério Público do Ceará (MP) requereu a relação de nomes, salários e cargos das 78 pessoas apadrinhadas por vereadores na Câmara Municipal de Juazeiro do Norte. Os cargos foram criados no apagar das luzes de 2021, na última semana legislativa daquele ano. Em março, o MP já havia solicitado informações preliminares ao Poder Legislativo, após publicação de matéria pelo Jornal do Cariri. Entre as pessoas nomeadas estão dirigentes partidários, ex-vereadores e candidatos à Câmara que não se elegeram em 2020. O JC identificou, inclusive, uma pessoa privada de liberdade entre os nomeados.

Solicitação semelhante já havia sido feita em maio, pelo vereador Capitão Vieira Neto (PTB), ao reassumir o mandato após ser afastado por 180 dias. O parlamentar exigiu nomes, funções e valores recebidos pelos comissionados, assessores especiais e assessores parlamentares, “discriminando cada assessor para cada vereador”, entre novembro de 2021 a maio de 2022. O pedido foi feito na mesma sessão em que o presidente Darlan Lobo afirmou ter deixado R$ 1,2 milhão em caixa e encontrado apenas R$ 31 mil quando retornou.

Além da relação das pessoas apadrinhadas com cargos, o MP requer justificativas para se ampliar o número de servidores no Legislativo. As novas funções resultam despesas estimadas em R$ 1,8 milhão. Ao se defender, Bilinha, que se tornou presidente após os afastamentos de Darlan Lobo e Vieira Neto, afirmou que os cargos não são só dele, mas de todos os 21 vereadores. Ressaltou, ainda, que a gestão financeira da Câmara esteve dentro da conformidade.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
RECOMENDADAS PARA VOCÊ
PUBLICIDADE
RECOMENDADAS PARA VOCÊ