Jornal do Cariri
MP investiga desmatamento no entorno da ExpoCrato
Área é desmatada para funcionar como estacionamento
Foto: Reprodução do Google Maps
Robson Roque
22/06/24 14:00

O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) pediu a abertura de um inquérito policial para investigar denúncias de crimes ambientais no entorno do Parque de Exposições Pedro Felício Cavalcante. No local é realizada, anualmente, a Exposição Centro Nordestina de Animais e Produtos Derivados (ExpoCrato).

Denúncias recebidas pela 6ª Promotoria de Justiça do Crato indicam que árvores foram cortadas e uma área de vegetação foi suprimida no Riacho da Matinha, uma Área de Relevante Interesse Ecológico e unidade de conservação estadual. Além do inquérito policial, o promotor também solicitou a atuação das secretarias municipal e estadual de meio ambiente no caso. 

O promotor de Justiça Thiago Marques suspeita de que o crime foi cometido para que as áreas desmatadas funcionem como estacionamento durante a ExpoCrato deste ano, no próximo mês. “O desmatamento fora das hipóteses determinadas na legislação pode configurar crime ambiental, com responsabilização cível e administrativa”, enfatiza o promotor.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
RECOMENDADAS PARA VOCÊ
PUBLICIDADE
RECOMENDADAS PARA VOCÊ