Jornal do Cariri
Mãe é detida suspeita de agredir filho, em Mauriti
Após as agressões, a criança contatou o pai por meio de aplicativo, pedindo ajuda
Foto: Reprodução
Natália Alves
05/07/22 14:40

Uma mulher foi detida pela polícia neste último sábado (02), suspeita de agredir o filho de 10 anos de idade. O caso ocorreu em Mauriti.

De acordo com a polícia militar, a criança relatou que foi segurada pelo padrasto para que a mãe pudesse agredi-lo com um cinto. Após as agressões, o menino enviou mensagens para o pai por meio de aplicativo, explicando a situação e pedindo ajuda. O pai da criança foi até a residência da ex companheira, encontrando o filho com diversas marcas de agressão pelo corpo.

A Secretaria de Segurança Pública informou que a mulher foi conduzida à Delegacia Regional de Brejo Santo, sob suspeita de crime de maus-tratos, além de um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) ter sido registrado contra ela e o atual companheiro. O pai da criança relatou à Polícia Militar que a ex companheira assumiu as agressões contra a criança, alegando que o menino estava "dando muito trabalho". O pai registrou um boletim de ocorrência contra a mãe da criança, na Delegacia Regional de Brejo Santo. O menino está sob a guarda do pai.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
RECOMENDADAS PARA VOCÊ
PUBLICIDADE
RECOMENDADAS PARA VOCÊ