Jornal do Cariri
Lula quer experimentar Camilo 2022
Donizete Arruda
13/10/20 0:00

O governador Camilo Santana, com suas altas taxas de aprovação popular, tem se tornado a cada dia a principal alternativa do PT para a disputa presidencial em 2022. Quem admite essa possibilidade com entusiasmo - ainda pequeno, mas é uma mudança para quem vetava essa ideia - é o ex-presidente Lula. Essa candidatura de Camilo enterra as chances de Ciro Gomes, que não empolga mais ninguém como opção de concorrer ao Planalto. Até em Sobral, 80% da população prefere que o PDT lance Cid Gomes a presidente. E sugere que Ciro se aposente. Camilo não fala sobre seu futuro político.

Governador é disputado a tapa

Mesmo isolado por estar infectado com covid, como também a primeira-dama do Estado, Onélia Santana, o governador Camilo Santana assiste um conflito na sucessão eleitoral de Fortaleza, entre os candidatos José Sarto (PDT) e Luizianne Lins(PT), pelo direito de usar a imagem dele. Ambos travam uma guerra para se mostrarem mais próximos a Camilo, herdeiros de suas práticas administrativas e não se cansam de repetir que são seus aliados. Sarto e Luizianne brigam por Camilo, e não é à toa: o Governador é o principal eleitor das eleições da Capital. Camilo é quem mais transfere votos nessas eleições. Tanto isso é verdade, que na campanha de Sarto sumiram com o senador Cid Gomes e o presidenciável  Ciro Gomes. Os dois não deram ainda o ar da graça na propaganda gratuita do PDT de Fortaleza.

MDB muda de lado em Barbalha

Depois de ter anunciado uma aliança com o prefeito Argemiro Sampaio, o MDB de Barbalha resolveu voltar atrás. O seu presidente municipal, Roberto Wagner, enviou documento oficial do partido ao Cartório Eleitoral pedindo a anulação da decisão anunciada na convenção. Wagner disse que a decisão foi tirada em reunião da Executiva Municipal, no dia 17 de setembro. O partido não anunciou sua posição na campanha, mas já está oficialmente apoiando o candidato do PDT, Guilherme Saraiva. Politicamente, a articulação foi feita entre o governador Camilo Santana e o ex-senador Eunício Oliveira. Em Barbalha, o ato foi entendido como traição, pois o MDB participou de toda a gestão Argemiro, inclusive, com Roberto Wagner na Secretaria de Obras. No partido, quem garante que não mudará de lado é o vereador Rildo Teles, líder do prefeito na Câmara. Agora, Eunício irá dividir o palanque em Barbalha com os irmãos Ferreira Gomes, para atender Camilo.

Argemiro apertado com ação por MP

O prefeito de Barbalha, Argemiro Sampaio, recebeu, na última semana, uma notificação de Ação de Investigação Judicial Eleitoral contra sua candidatura à reeleição. A investigação que atinge sua gestão é proposta pelo Ministério Público Eleitoral, que suspeita da possibilidade de Argemiro ter usado a estrutura pública para publicidade pessoal. A ação é por abuso de poder econômico e político e aponta o uso de propaganda oficial usando a logomarca pessoal do prefeito. Essa acusação é tratada como uma ameaça real à candidatura de Argemiro entre os aliados do Governador.

Argemiro se diz tranquilo com ação

A denúncia contra o prefeito Argemiro, que partiu da oposição, é tratada por ele, como sem fundamento. “Não tem consistência”, se defendeu. O prefeito sustenta que já se explicou à Justiça sobre os fatos. Alega que essa nova ação é a reedição de uma velha denúncia feita agora, durante a campanha eleitoral, com a intenção de colocar legitimidade em fatos antigos. O prefeito declara sem receios que essa suspeita que paira contra ele, venha ter consequências eleitorais na Justiça. Esse otimismo não é acompanhado por seus opositores.

Crise interna na base de Arnon

O vereador Capitão Vieira Neto, apesar do cuidado com as palavras, vem fazendo a defesa dos Guardas Municipais na disputa com a Secretaria de Segurança Pública Municipal. A confusão  está relacionada a sede da Guarda, única que permanece nas imediações do Estádio Romeirão, em obras para se transformar em Arena. Capitão Vieira pediu que o prefeito Arnon assumisse a discussão, já que a secretária Ivoneide Tenório não mora em Juazeiro e, segundo ele, comparece à Secretaria apenas uma vez por semana. Vieira garantiu que os profissionais preparam uma paralisação, caso o problema não seja resolvido. Outros vereadores da base garantem que Arnon prometeu intervir para resolver a questão. São muitos os pedidos para que Arnon substitua a secretária.

Foi Fake News mesmo no Crato

O prefeito do Crato, Zé Ailton Brasil, diz estar sofrendo com as Fake News neste início de campanha. A mais recente, sustenta que o prefeito foi ter sido recebido com um balde de água na cabeça, durante uma visita a residências no bairro do Seminário, o mais populoso do Município. A ideia da fake é ligar os reajustes na água estipulados pela Saaec – empresa de água e esgotos local – a uma possível revolta da população com o atual prefeito. Esse incidente é veementemente desmentido pela coordenação da campanha e pelo pelo próprio Zé Ailton. Nas redes sociais, o fato é veiculado como verdade, o que levou o Ministério Público Eleitoral a investigar de onde partiu a publicação. Essa e outras investigações sobre fake news agitam a campanha no Cariri.

Disse me disse...

No Crato, repercute a investigação da Polícia Federal contra Zé Adega e Arthur, pai e filho, por corrupção eleitoral deflagrada em fevereiro.

Arthur e Zé Adega teriam prometido terrenos em troca de votos, caso chegassem à Prefeitura. A denúncia foi feita por eleitores.

A investigação, pedida pelo Ministério Público Eleitoral, avalia o crime como grave e pode levar à cassação do registro de candidatura. 

Tanto Arthur quanto Zé Adega rebatem essas investigações como pura perseguição de quem está no poder e com medo de ser derrotado nas urnas.

Em Barbalha, o prefeito Argemiro resolveu mostrar a cara. No sábado, fez uma carreata que impressionou.

A mesma impressão de força quem demonstrou foi o prefeito Arnon Bezerra, após sua carreata, também no sábado.

A diferença entre as carreatas de Barbalha e Juazeiro foi o tanque. Em Juazeiro, a carreata de Arnon ficou conhecida como “tanque cheio”.

Ainda em Juazeiro, a vereadora Rita Monteiro ameaça escancarar as mazelas da gestão municipal do PDT. Quer uma prestação de contas.

Durante sessão da Câmara, Rita cobrou explicações sobre o dinheiro descontado do seu salário que, segundo ela, não serviu para o partido.

Senador Cid Gomes mantém-se isolado após ficar sob suspeita de ter se contaminado com covid, na festa de aniversário da primeira-dama de Fortaleza, Carol Bezerra.

Por enquanto, a única emissora do Cariri na rede de rádio do ódio -  montada por Cid e ex-secretário da Casa Civil, Élcio Batista - é WL FM, de Brejo Santo.

Essa rede, que ficou conhecida como Bozonews, por ter como única meta agredir o presidente Bolsonaro, já teve um efeito prático.

Bolsonaro declarou apoio à candidatura do Capitão Wagner em Fortaleza e está contra todos candidatos ligados aos FGs.

Desculpe a ignorância, por que os irmãos Ciro e Cid Gomes têm tanto ódio ao presidente Bolsonaro?

PUBLICIDADE
PUBLI_Requerimento_ASV.pdf
PUBLICIDADE
RECOMENDADAS PARA VOCÊ
PUBLICIDADE
RECOMENDADAS PARA VOCÊ