Jornal do Cariri
Federação apura envolvimento do Crato com manipulação de jogos
Torcida do Azulão repudiou a prática; diretor executivo é suspeito
Foto: Segundo Filmagens
Robson Roque
20/01 14:00

A Federação Cearense de Futebol (FCF) acionou o Tribunal de Justiça Desportiva do Ceará (TJD) para apurar possível manipulação em jogos do Campeonato Cearense. O Crato Esporte Clube é um dos alvos da investigação, que teve início com o vazamento de áudios esta semana. com indícios de manipulação de resultados em partidas profissionais do Ceará.

Pelo menos um dos áudios podem apontar a participação do diretor executivo do Crato EC, Lúcio Barão, no esquema, quando ele era presidente do Barbalha. Ele já foi alvo de uma reportagem do Fantástico, em maio de 2018, sobre um esquema de apostas esportivas que movimentou mais de R$ 10 milhões. O Tribunal abriu um inquérito para apurar as denúncias atuais.

As conversas dos áudios vazados esta semana dão conta da combinação de resultados, conforme a descrição de um deles: "Combinado aqui só tem se for para o ao vivo e eu der sinal para tomar gol. Se o jogo não for para ao vivo, aí não tem combinado não, barãozinho, já era, fumo de novo".

Tanto o Crato como Lúcio Barão se posicionaram por meio de notas. O presidente do Azulão da Princesa, Ivan Barros, enfatiza que a pessoa dos áudios não tem ligação com o clube, nem a agremiação é citada. "Nunca foi e jamais será do feitio da diretoria do C.E.C. participar de qualquer tipo de subterfúgio que venha a manchar a gloriosa história deste clube querido da região do Cariri", diz Ivan Barros na nota.

Lúcio Barão, por sua vez, disse que os áudios "não correspondem com a verdade, pois trata-se de um arquivo repleto de edições e cortes realizadas para fins meramente difamatórios".

Torcida cobra

Integrantes da Torcida Jovem Crato não somente repudiaram as denúncias de que os jogos do time para o qual torcem tiveram os resultados manipulados, como cobraram diretamente da direção e dos jogadores em uma reunião n a tarde de ontem (19).

"Desde o começo da temporada não fomos de acordo com esse cara 'Lúcio' ter cargo ou influência alguma sobre nosso clube. Ressaltando que o citado já tem um histórico de manipulações de resultados", afirma a Jovem Crato em nota.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
RECOMENDADAS PARA VOCÊ
PUBLICIDADE
RECOMENDADAS PARA VOCÊ