Jornal do Cariri
Fábrica de farinha beneficia mandiocultores de Salitre
O equipamento tem como objetivo atender com agilidade várias comunidades rurais
Foto: Erivelton Celedônio
Juliana Sátiro
05/02/21 11:00

A Secretaria de Desenvolvimento Agrário do Estado entregou uma Casa de Farinha móvel para o município de Salitre, localizado na região do Cariri. O equipamento tem como objetivo atender com agilidade várias comunidades rurais, com um menor custo e menos prejuízo ao meio ambiente. Além de economizarem em edificações, as Casas de Farinha móveis reutilizam água e reduzem em 70% a queima de lenha.

“Muitos produtores ainda são obrigados a administrar os custos com o transporte da mandioca de uma comunidade a outra, muitas vezes pagando caro em casas de terceiros”, afirmou o secretário de Agricultura, De Assis Diniz. O modelo foi adquirido pelo órgão do Governo do Ceará e é patenteado por uma empresa de Sergipe. O projeto também beneficia agricultores familiares de outros dois territórios do Estado, Itapipoca e Quixeramobim. 

Em relação ao funcionamento, a estrutura que possui dois metros de largura e seis de comprimento é capaz de descascar, triturar, prensar, torrar e peneirar a mandioca e pode ser transportada por qualquer veículo tracionado. 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
RECOMENDADAS PARA VOCÊ
PUBLICIDADE
RECOMENDADAS PARA VOCÊ