Jornal do Cariri
Camilo vence disputa com conservadores sobre Ensino Médio
Ministro se posicionou sobre relação com bolsonaristas
Foto: Divulgação.
Robson Roque
26/03/24 14:00

O ministro Camilo Santana (PT) enfrenta ofensivas de conservadores sobre a gestão dele no Ministério da Educação. As mais recentes foram direcionadas à reforma do Ensino Médio e à presidência da Comissão de Educação, na Câmara dos Deputados, sob a direção da corrente bolsonarista. 

Camilo saiu vitorioso com a aprovação da reforma, na quarta-feira (20), pelos deputados federais. Isto porque foi mantida a carga horária de 2.400 horas, como queria o ministro, enquanto opositores desejavam uma redução para 2.100 horas. O número de horas aprovado é uma demanda das secretarias estaduais de Educação, segundo o ministro.

Dois dias antes, Camilo e o relator da reforma, Mendonça Filho (União-PE), discutiram, com direito a gritos e murro em uma mesa. “Tenho respeito pelo ministro, nossas diferenças são ideológicas sobre educação e o jogo está zerado”, comentou o deputado, sem negar a discussão.

Camilo acompanhou a votação no Plenário da Câmara. “Garantimos a formação geral básica boa, retomando a carga horária, e também garantimos o ensino técnico profissionalizante, que é o que queremos avançar no Brasil”, considerou. 

O ministro caririense também se posicionou sobre o que espera da relação com o deputado federal Nikolas Ferreira (PL-MG). Aliado do ex-presidente Jair Bolsonaro, Nikolas foi escolhido para presidir a Comissão da Educação, na Câmara. Logo na primeira reunião à frente do colegiado, ele aprovou a convocação de Camilo para esclarecimentos.

“Vivemos num país democrático. A democracia é feita de visões diferentes. Nós pensamos diferente, mas precisamos respeitar as diferenças”, respondeu Camilo, em Minas Gerais, reduto político de Nikolas. Ele prometeu “procurar construir o diálogo” com o parlamentar, “independente de posições político-partidárias”. Também argumentou pelo fim da polarização política no Brasil, caracterizada pelo “ódio em que se transformou, nos últimos anos”. 

PUBLICIDADE
PUBLI_Requerimento_ASV.pdf
PUBLICIDADE
RECOMENDADAS PARA VOCÊ
PUBLICIDADE
RECOMENDADAS PARA VOCÊ