Jornal do Cariri
Arrastão petista

O deputado federal José Guimarães disse, em entrevista, que o PT não está para brincadeira. E a afirmação tem razão de ser. O partido se tornou o segundo com maior número de prefeitos no Estado, atrás apenas do PDT. Um evento no dia 13, em Fortaleza, filiou 12 novos prefeitos ao partido, deixando a sigla com 30 gestores. Do Cariri, assinaram as fichas os prefeitos de Potengi, Edson Veriato, que deixa o PSOL; de Jardim, Aniziario Costa, que deixa o PSB; de Campos Sales, João Luiz, que deixa o PDT; e de Penaforte, Rafael Ferreira, saindo do MDB. Novidade apenas Dr. Rafael, que não cogitava a possibilidade. A derrota emedebista está sendo creditada ao deputado estadual Danniel Oliveira, sobrinho do ex-senador Eunício Oliveira. Segundo pessoas próximas de Dr. Rafael, o descontentamento com Danniel era evidente. A falta de atenção ocasionou uma perda nos quadros do partido. Eunício não gostou.

Perdendo o discurso

Entre as viradas pró PT, nenhuma causou tanta decepção quanto a do prefeito de Potengi, Edson Veriato. Militante reconhecido na esquerda e dentro do Psol, Veriato perde seu discurso e passa a vala comum dos políticos iguais. Veriato venceu as eleições contra a candidata do PT, Alizandra Gomes. Sofreu ataques e atacou a administração desastrosa da petista. Agora, vai beber da mesma fonte que garantiu ser corrompida. No Psol, as lideranças estaduais assistem a tudo caladas. Veriato era o único prefeito eleito pelo partido no Ceará e o isolamento parece ter sido preponderante para a mudança. Ficaram de lado as ideologias e o discurso para dar lugar ao pragmatismo do toma lá, dá cá. Agora é esperar a debandada dos vereadores do Psol na Câmara. O presidente Airton Leite já está de malas prontas para o PP de Zezinho Albuquerque. Não sobrará pedra sobre pedra.

Sem palavras

O ano da prefeita de Jati, Mônica Mariano, começou com cobranças e comparações. O Sindicato dos Servidores cobra acesso à folha de pagamento e planilha detalhada dos recursos do Fundeb. Já foram dois pedidos enviados para a Secretaria de Educação e os sindicalistas reclamam do silêncio. Até agora, não se sabe se houve sobras e, caso haja, quem receberia o rateio. Para piorar, o Sindicato apontou erros na lista do Siope, que informa sobre os orçamentos públicos da educação, no portal do FNDE. Sobre a falha, o secretário disse se tratar de erro na contabilidade. No Município, a avaliação é que Mônica vai seguir o pai, prefeito de Belmonte, no Pernambuco. Várias faixas cobrem as ruas do município pernambucano, chamando o gestor de traidor. Ele não pagou os precatórios do Fundef e não fará rateio do Fundeb. Tal pai, tal filha?

Novo presidente

O que a Câmara de Juazeiro do Norte ainda não conseguiu, já é uma realidade em Caririaçu. Foi realizada a eleição antecipada para a nova Mesa Diretora. Apesar de estarmos iniciando 2022, os vereadores já escolheram o presidente para o biênio 2023-2024. Realizada em sessão extraordinária no dia 12, em pleno recesso parlamentar, a eleição teve quórum apertado com as presenças de apenas seis dos 11 vereadores. Marcos Araújo, do PDT, foi eleito sem concorrência e terá um membro da oposição como vice, o vereador Ailton da Miragem, do PSD. Há quem garanta que Ailton já está na base do prefeito Edmilson Leite, que fez, além do presidente, o secretário, vereador Tiago de Rossini, do PDT. Com minoria na Casa e o enfraquecimento com a segunda derrota para o grupo de Edmilson, a base de oposição parece estar esfacelando.

Em busca de apoio

O deputado federal e pré-candidato ao Governo do Estado, Mauro Filho, esteve novamente no Cariri. Desta vez, Mauro foi a Caririaçu participar da entrega de equipamentos comprados com emendas parlamentares destinadas ao Município. Mauro destinou R$ 350 mil, que viabilizou a compra de um trator para atuar na zona rural. Recebido com festa pelo prefeito Edmilson Leite, Mauro aproveitou para se articular politicamente com a base aliada no Município. O prefeito é simpático ao nome de Mauro na disputa ao governo, mas é bom lembrar que Edmilson já está fechado com as candidaturas a deputado federal de José Guimarães e André Figueiredo. Caso Mauro dispute a reeleição, será a terceira opção. Apesar de não constar na agenda, Mauro se encontrou, também, com o prefeito de Farias Brito, Deda Pereira. Em Farias Brito, a concorrência é menor.

Barrando a farra

Uma ação do vereador Robson Miranda, do Cidadania, barrou a farra dos aumentos salariais do prefeito, do vice e dos vereadores em Campos Sales. A decisão do juiz Paulo Augusto Gadelha de Abrantes, foi publicada no dia 12 e caiu como um balde de água fria na Câmara, que esperava uma decisão de respeito ao Legislativo. Aprovado, ainda em 2020, o projeto de lei previa aumento de R$ 4 mil no salário do prefeito, R$ 3 mil nos vencimentos do vice e mais R$ 1,5 mil nos salários dos vereadores. A Câmara deve recorrer da decisão e a briga promete se estender. O vereador Dr. Robson, como é conhecido, garante que a ação não tem viés político. É apenas uma questão de justiça. Ele argumenta que, além de estarmos em pandemia e crise econômica, os servidores do município estão há mais de 10 anos sem a reposição das perdas. Razão a quem tem!

Enquanto isso...

... Sem preocupação com a decisão judicial que barrou seu aumento salarial, o prefeito de Campos Sales, João Luiz, agora do PT, parece mais preocupado em mostrar força na Câmara. Governando com maioria folgada, o prefeito agora quer esvaziar o antigo partido, o PDT, para enfraquecer seu mais novo adversário, o ex-prefeito Moésio Loiola.

... Juntos, João Luiz e Moésio, elegeram oito dos 11 vereadores da Câmara. Muitos, ainda fieis a Moésio. Mas, João Luiz já canta que o seu PT terá a maior bancada na Câmara. Terá que convencer cinco vereadores a trocar de partido. Se conseguir, será um golpe duro nas pretensões de Moésio, que é candidato a deputado estadual. Que venha a janela partidária!

... Em Nova Olinda, o prefeito Ítalo Brito, do PP, usou as redes sociais para fazer um apelo à população. Pediu que procurem os locais de vacinação. O apelo é para não perder mais de 800 doses de vacina contra a covid-19, acondicionadas na Secretaria de Saúde. Caso o apelo não seja atendido, os imunizantes de primeira dose perdem a validade em fevereiro.

... Entre parabéns e críticas, o prefeito Ítalo está sendo desafiado a seguir o exemplo de Milagres e Missão Velha. Os dois municípios implantaram a vacinação volante, que percorre as comunidades em busca dos não vacinados. Para a oposição, falta planejamento por parte do prefeito Ítalo e dão o ultimato: se perder as vacinas, vai sofrer ação por improbidade.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
RECOMENDADAS PARA VOCÊ
PUBLICIDADE
RECOMENDADAS PARA VOCÊ