Jornal do Cariri
Ameaça de morte contra Camilo é investigada
Robson Roque
29/03/21 15:30

A Polícia Civil investiga uma ameaça contra o governador do Ceará, Camilo Santana (PT), feita em um grupo de WhatsApp. Com as investigações, foi possível identificar o autor do áudio: um homem de 53 anos, morador do bairro Dom Lustosa, em Fortaleza. Ele prestou depoimento e teve o aparelho celular apreendido. No áudio, o homem cita a existência de planos para cometer um crime contra Camilo.

“Vou ser sincero com vocês: tinha uma galera aí doida para pegar o governador... É porque sumiu (sic). Mas não tá fácil pra ele escapar não. Tem um bocado de menino bom aí doido para pegar ele, pra comer a cabeça dele. É grana, viu? E eu estou dentro”, diz o homem no áudio.

Mandado de busca e apreensão foi cumprido contra o homem, que tem antecedentes criminais. No grupo chamado “Ceará contra o lockdown”, no WhastApp, ele chama de “bandidos” o governador e outros políticos cearenses e diz ter “amigos militares” com o “olho quente”.

“Vou continuar agindo da mesma forma, estou com a consciência em paz, tudo é para proteger a vida. Prefiro falhar no excesso do que na omissão; continuarei firme nas medidas necessárias”, respondeu Camilo nesta segunda-feira (29).

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
RECOMENDADAS PARA VOCÊ
PUBLICIDADE
RECOMENDADAS PARA VOCÊ