Jornal do Cariri
A esperança em doses de vacina
Foto: Elizângela Santos
Da Redação
30/03/21 14:00

Pouco mais de um ano separa o início da pandemia de covid-19 no mundo e o atual momento. De lá para cá, mais de 310 mil brasileiros perderam as vidas para o novo coronavírus. Se levarmos em consideração que cada pessoa possui uma rede formada por familiares, amigos e conhecidos, o número de pessoas atingidas direta ou indiretamente pela morte de alguém chega facilmente à casa dos milhões. A chegada das vacinas e o esforço para dar celeridade ao processo são motivos que trazem de volta a esperança, tão ameaçada e posta em xeque nestes tempos sombrios e difíceis. No Cariri, mais de 22 mil profissionais da saúde já receberam a primeira dose da vacina e mais de 15 mil já receberam a segunda dose, número similar ao de idosos vacinados somente em Crato, Juazeiro e Barbalha.

Por mais que a imunização esteja andando a passos lentos, a vacinação é real e está acontecendo. Com o 11º lote de vacinas distribuído pelo Governo do Estado, os municípios cearenses receberam mais de 1,3 milhão de doses da Coronavac/Sinovac e Oxfor/Astrazeneca nos últimos dias. Aos poucos, vamos acompanhando e tendo notícias de mais parentes e conhecidos que receberam a tão sonhada imunização. A realidade enche o caririense de esperança e é alento em dias difíceis.

Por etapas, os profissionais da saúde e os idosos com maior idade foram os primeiros a receber as doses, que gradativamente são oferecidas aos de idade inferior. Alguns municípios já iniciaram a imunização de pessoas com idade superior a 60 anos. O que assistimos, quase que diariamente, são comemorações efervescentes. Os drive-thrus, que contabilizam centenas de carros dando voltas gigantescas pelos pontos de vacinação, têm ganhado adesão dos municípios, por garantir a imunização a uma maior quantidade de pessoas sem a necessidade de aglomeração.

A espera é por uma boa causa. Afinal, não existe medida que mensure o quanto de esperança cabe dentro de uma seringa. Nem mesmo os registros, em fotos ou vídeos, são capazes de medir a emoção existente nos brilhos dos olhos, em sinal de agradecimento, daqueles que recebem a dose de vacinação. É importante ressaltar que os cuidados no combate e na prevenção à covid-19 permanecem. Enquanto toda a população não for vacinada, todo cuidado é pouco, ainda mais quando se tem conhecimento de novas variantes que surgem do vírus. Ter consciência do seu papel, enquanto indivíduo e enquanto sociedade, é crucial para vencer a pandemia, que só vai chegar ao fim quando o mundo inteiro estiver imunizado.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
RECOMENDADAS PARA VOCÊ
PUBLICIDADE
RECOMENDADAS PARA VOCÊ